Inicio » Internacional » Europa » Europa – Papa Francisco afirma ter chorado ao saber de cristãos crucificados

Europa – Papa Francisco afirma ter chorado ao saber de cristãos crucificados

Durante a cotidiana missa da manhã, o papa Francisco, nesta sexta-feira (2), afirmou ter chorado ao saber da informação que cristão haviam sido crucificados na Síria, nos últimos dias.

Europa - Papa Francisco afirma ter chorado ao saber de cristãos crucificados
Europa – Papa Francisco afirma ter chorado ao saber de cristãos crucificados

“Eu chorei quando vi nos meios de comunicação a notícia de que cristãos tinham sido foram crucificados em certo país não cristão”, explicou o pontífice.

Utilizando passagens da Bíblia e a perseguição de cristãos no início do milênio, o papa afirmou que “hoje também há gente assim, que, em nome de Deus, mata e persegue”.

As informações de cristão sendo crucificados chegaram à imprensa mundial depois de denúncias do Observatório Sírio de Direitos Humanos. Ainda não se sabe se as imagens são reais, mas alguns correspondentes mundiais afirmam que a perseguição existe.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).