Inicio » Mais Seções » Saúde – Água sanitária evita proliferação das moscas de banheiro

Saúde – Água sanitária evita proliferação das moscas de banheiro

Não há nada melhor do que chegar em casa depois de um dia cansativo e tomar um bom banho. Porém, para muita gente este momento tão especial pode ser estragado pela minúscula presença de um inseto popularmente conhecido como mosca de banheiro.

Apesar do nome, a espécie tem um parentesco mais próximo com os mosquitos que transmitem a leishmaniose, mas não suga nosso sangue e não transmite qualquer tipo de doença, sendo inofensiva aos seres humanos. Mesmo assim, ela pode ser um verdadeiro problema para quem tem medo de insetos.

As moscas de banheiro gostam de umidade e se alimentam de restos de cabelo e pele, por isso a melhor forma de combatê-las é limpar o ambiente e acabar com a comida delas
As moscas de banheiro gostam de umidade e se alimentam de restos de cabelo e pele, por isso a melhor forma de combatê-las é limpar o ambiente e acabar com a comida delas

As moscas de banheiro se alimentam de restos orgânicos – como pele, cabelos, pelos e fungos –, são atraídas por lugares que concentram muita umidade e costumam aparecer nas épocas mais quentes do ano, explica Francisco Zorzenon, diretor do Laboratório de Pragas Urbanas do Instituto Biológico de São Paulo. Por tudo isso, esses insetos são frequentemente encontrados na cozinha e no banheiro – especialmente perto de ralos, do vaso sanitário e do box – e a primeira coisa a se fazer para evitar sua proliferação é manter esses ambientes sempre limpos.

“A melhor maneira de se livrar deles é eliminando seus alimentos. Se sua casa tiver uma grande infestação destes insetos, o ideal é lavar o local com água sanitária, que elimina os fungos que lhes servem de alimento. Outras boas medidas são usar ralos com tampa e deixar a tampa do vaso sempre abaixada”, afirma Zorzenon.

Além de acabar com os alimentos, uma estratégia eficiente para evitar infestações é eliminar os próprios insetos quando estes ainda forem larvas. Zorzenon diz que as fêmeas costumam colocar até 200 ovos de uma vez, mas sua evolução até a fase adulta leva algumas semanas, o que faz da limpeza uma arma ainda mais importante para evitar sua proliferação. De acordo com o especialista, cada ovo leva de 32 a 48 horas para eclodir. Uma vez que ele se transforme em larva, levará até 20 dias para se tornar um adulto, que vive por cerca de duas semanas.

PrimaPagina

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Eduardo Arauju e Kely Ramos Foto: Guto Campos

Moda – A simpatia de Montes Claros que conquistou o Brasil

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Moda – A …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).