Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso » Coluna – As Novas que parecem velhas

Coluna – As Novas que parecem velhas

Mãe Diná esta morta, a noticia não foi boa para a Seleção de Futebol da Espanha, as previsões de alguns seria de uma revanche marcada no ultimo jogo. No tapete do Maracanã. Agora só resta a Presidenta Dilma aproveitar a oportunidade e vencer as eleições numa dobradinha verde e amarela. Consta que a ultima previsão da vidente fora a queima de um ônibus em São Paulo, depois de um suspeito ser baleado pela polícia (é obvio). Talvez esta previsível visão, tenha sido provocada pela deficiência nos componentes da área de referência no cérebro, daquela que conseguira prever inúmeros acontecimentos importantes, dentre eles o Corinthians campeão com a ajuda da arbitragem. Sem duvidas, o ônibus hoje é o principal responsável por tudo de ruim que acontece no País.  Grupos de intelectuais com amplo conhecimento na causa, debruçam sobre tratados  tentando extrair algum fio que  conduza  a alguma razão, que explique o motivo pelo qual o povo tenha  adquirido tamanha antipatia pelo meio de transporte. Já que sabidamente nenhuma autoridade de expressão, anda cheirando sovaco de peão para ir e voltar do trabalho. Se já andou em alguma ocasião foi para pedir voto ou   fazer  comercial buscando popularidade. Queima-se  ônibus  nas capitais pelos motivos mais torpes, por exemplo; Um rapaz de Brasília que esta preso na Papuda, se revoltara contra a construção do Estádio Mané Garrincha e após um jogo do Flamengo, incendiara justamente o coletivo que o levaria de volta a Ceilândia. Em São Paulo todas as vezes que passa uma nuvem escura e atrapalha o banho de sol do PCC nos presídios, um monte de ônibus vira cinza nas ruas. No Rio de Janeiro não é diferente, Um  vendedor de água de coco conhecido por Agamenon,  aumentara  os preços  para os gringos que pagavam  de acordo o seu país, Africanos, Haitianos, Angolanos e afins pagavam 05 reais por um copo de 100 ml. Enquanto Americanos e Suíços matavam a sede por 50 reais, isto sem ter nenhuma comemoração aparente, de  dia santo ou proximidades de carnaval. Detido e confiscado seu instrumento de “furto”, pagara fiança com o dinheiro do golpe e se fora  queimando ônibus a revelia. Em Belo Horizonte um pai possesso  por  saber que o DNA do filho dera negativo para ele, tomara   o coletivo para pegar  um baseado na “boca” ao parar no ponto mandara  que trocador e motorista descessem sem olhar para trás, os trabalhadores obedeceram, mas o homem que já vinha de uma trapalhada com o chifre tomado da esposa, quando  estava na frente do ônibus preparando um pavio a população o cercou e só o fizera de finado por interferência da policia.  A cada vez que um crime deste acontece, muitas pessoas dependentes das linhas ficam prejudicadas, perdem horários nos serviços, fichas em postos de saúde e encontros sorrateiros no meio da tarde “La belle de jour”. Bem que o diretor de organização dos milagres no céu poderia distribuir melhor as tarefas, já que além dos milhares de Santos que já existem, agora tem o reforço de João Paulo II e João XXIII e se depender de semblante carrancudo, terá São Bento XVI nos próximos capítulos. Penso que tem Santo ocioso lá no céu, já que a maioria dos pedidos vai sempre para o mesmo milagreiros, minha mãe é um exemplo disto, só pede a Nossa Senhora de Aparecida. Correndo por fora está o tri campeão Ayrton Senna que completa 20 anos de morto com alguns milagres realizados, mas se o Vaticano não quiser,  Deus não pode fazer nada, só entra lá quem é julgado aqui, mas que “indulgencia”,  então que se aguarde a boa vontade do Chico.

Por Adilson Cardoso

Adilson Cardoso
Adilson Cardoso
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).