Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Transporte escolar de estudantes que residem em áreas rurais a partir do mês de maio.

Montes Claros – Transporte escolar de estudantes que residem em áreas rurais a partir do mês de maio.

Os últimos dias em Montes Claros foram marcados por reuniões entre integrantes da Secretaria de Estado de Educação e representantes de 13 escolas estaduais. O objetivo foi a definição de medidas e procedimentos para assegurar o transporte escolar de estudantes que residem em áreas rurais a partir do mês de maio.

Montes Claros - Transporte escolar de estudantes que residem em áreas rurais a partir do mês de maio.
Montes Claros – Transporte escolar de estudantes que residem em áreas rurais a partir do mês de maio.

Com a orientação e o suporte da Secretaria de Educação, as escolas estaduais da cidade, que atendem cerca de 1.100 estudantes com este perfil, começam, a partir da próxima segunda-feira (05.05), a contratar fornecedores qualificados para executar o transporte escolar, que se encarregará do traslado entre a residência desses alunos, na área rural, e as escolas nas quais estão matriculados. A expectativa das escolas e dos integrantes da Secretaria é de que a regularização do transporte aconteça a partir do dia 12 de maio. O prazo é necessário para que as contratações possam ser regularizadas.

Um encontro para a discussão dos detalhes dessa iniciativa ocorreu na manhã da última quarta-feira (30.04), no auditório da Escola Estadual Professor Plínio Ribeiro, e contou com a presença do subsecretário de Administração do Sistema Educacional da SEE, Leonardo Petrus, de representantes da Superintendência Regional de Ensino de Montes Claros (SRE) e de todos os diretores das escolas estaduais. Desde então, a equipe da SEE está na cidade prestando todo o apoio e auxiliando os gestores das escolas na efetivação desse serviço.

Para a contratação, os fornecedores interessados deverão dispor de veículos adequados ao transporte escolar (conforme laudo de vistoria emitido pelo Departamento Nacional de Trânsito ou órgão competente), assim como de motoristas devidamente habilitados, conforme determina o Artigo 136 do Código de Trânsito.

Em Minas Gerais

Os alunos da rede pública que residem em zona rural têm assegurado o direito ao transporte escolar. A Constituição Federal, nos artigos 205 e 208, define as ações do Poder Público que complementam o direito à educação e por meio das quais se assegura o acesso e a permanência dos educandos ao ambiente escolar. A responsabilidade da oferta do transporte escolar, portanto, é compartilhada pelos governos federal, estaduais e municipais.

Em 2014, o Governo de Minas investirá mais de R$221 milhões para o transporte escolar de mais de 260 mil alunos da rede estadual residentes em zonas rurais de 846 municípios mineiros. Em 2013, o Governo de Minas repassou mais de R$ 197 milhões para o transporte escolar de aproximadamente 265 mil estudantes da rede estadual residentes em zonas rurais de 845 municípios mineiros. O valor do repasse vem crescendo ano a ano e já é três vezes superior ao repassado em 2010, quando foram destinados R$72 milhões para o transporte.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Mirabela recebe encontro de carros antigos neste domingo

Norte de Minas – Mirabela recebe encontro de carros antigos neste domingo

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).