Inicio » Nacional » Brasil – Prefeitura assume buscas por vítimas de naufrágio no Rio São Francisco

Brasil – Prefeitura assume buscas por vítimas de naufrágio no Rio São Francisco

Nesta quinta-feira (8), nove dias após um naufrágio que matou pelo menos três pessoas na Bahia, Prefeitura de Sento Sé, no norte baiano assumiu os comandos pelas buscas de três corpos desaparecidos no acidente que aconteceu no Lago Sobradinho, no Rio São Francisco, no dia 29 de abril.

A Marinha de Juazeiro acompanha o trabalho de busca em Sento Sé
A Marinha de Juazeiro acompanha o trabalho de busca em Sento Sé

Em reunião entre prefeito, vereadores e familiares das vítimas desaparecidas, a administração municipal comunicou que uma empresa de Petrolina será contratada para retirar do rio a embarcação que está submersa há nove dias. No entanto, o rebocador da empresa só deve chegar a Sento Sé na próxima segunda-feira (12).

Com a decisão, as buscas feitas por mergulhadores do Corpo de Bombeiros foram encerradas. Na última segunda-feira (5), as buscas foram suspensas devido ao forte odor que exalava da água e que estaria relacionado à decomposição de corpos de passageiros. Segundo as autoridades, pelo menos três pessoas ainda continuam presas dentro da embarcação: Gilberto Bispo dos Santos, de 70 anos, Eliane Pereira de Almeida, 30, e Josimar Rodrigues Melitão, 37.

No dia do acidente, o barco “Travessia do Mar Vermelho” naufragou quando fazia a travessia entre as cidades de Remanso e Sento-Sé com 40 passageiros. Na noite do naufrágio, 34 pessoas foram resgatadas com vida e uma criança morreu. Outros cinco passageiros ficaram desaparecidos. Uma mulher de 54 anos e um garoto de 11 tiveram os corpos encontrados durante as buscas na área. A embarcação só foi localizada na sexta-feira (2).

Segundo informações da Marinha, a embarcação era inscrita na Agência Fluvial de Juazeiro e tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantes. Um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), cujo prazo de conclusão é de 90 dias, foi instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido.

A embarcação tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantesA embarcação tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantes
A embarcação tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantes
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).