Inicio » Internacional » Europa » Europa – Ucrânia rejeita diálogo com separatistas armados

Europa – Ucrânia rejeita diálogo com separatistas armados

O Presidente interino da Ucrânia, Alexander Turchinov, rejeitou nesta quinta-feira a possibilidade de dialogar com separatistas pró-russos armados, mas se mostrou disposto a fazê-lo com as administrações regionais e os ativistas pacíficos.

“Estamos dispostos a debater com representantes de autoridades locais, ativistas de movimentos sociais, empresários das regiões de Donetsk e Lugansk, mas com os criminosos armados, que têm as mãos manchadas de sangue, os Estados civilizados não dialogam”, disse o líder, citado por seu serviço de imprensa.

População participa de um comício pró-ucraniano em Luhansk, no leste da Ucrânia
População participa de um comício pró-ucraniano em Luhansk, no leste da Ucrânia

Turchinov garantiu que a anistia prometida pelas autoridades será aplicada somente para aqueles que “renunciem à luta armada por sua própria vontade, desocupem edifícios (de órgãos estatais)” assim como aos “que não estão envolvidos em assassinatos e outros crimes graves”.

Além disso, Turchinov rejeitou o termo “operação de castigo” utilizado pelos pró-russos e o Kremlin em relação à ofensiva lançada pelas autoridades para resistir aos separatistas.

“As autoridades ucranianas nunca fizeram operações de castigo no leste do país. As forças da ordem protegem a vida e a saúde dos cidadãos em uma operação antiterrorista contra os criminosos que assassinam, torturam e sequestram nossos cidadãos”, explicou.

Acrescentou que o objetivo de Kiev é “defender a integridade territorial do país e libertar as terras ocupadas”.

Agência EFE

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).