Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Programa Bolsa Estiagem é ampliado no Norte de Minas

Norte de Minas – Programa Bolsa Estiagem é ampliado no Norte de Minas

O pagamento do Programa Bolsa-Estiagem foi ampliado de maio a dezembro de 2014, com o objetivo de reforçar a assistência à população do semiárido prejudicada pela estiagem. Em Minas Gerais, 93 municípios decretaram situação de emergência na Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG) por causa da seca deste ano, sendo 66 entes do Norte do Estado. Em todo o ano passado, 147 decretos foram registrados. Entretanto, para receber o Bolsa-Estiagem, o município precisa ter a situação de emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Norte de Minas - Programa Bolsa Estiagem é ampliado no Norte de Minas
Norte de Minas – Programa Bolsa Estiagem é ampliado no Norte de Minas

A decisão de ampliar o pagamento do programa foi publicada na terça-feira (6), no Diário Oficial da União (DOU), como Medida Provisória. Uma nova Resolução será publicada no DOU com as regras e critérios para o período. O benefício de R$ 80 mensais é pago a agricultores familiares que vivem em municípios em situação de emergência ou calamidade pública reconhecida pelo Governo Federal, que tem atuado em várias frentes para reduzir os efeitos da estiagem no semiárido nordestino e região setentrional de Minas Gerais.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).