Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Mulher luta contra píton para salvar cão em Hong Kong

Ásia – Mulher luta contra píton para salvar cão em Hong Kong

Uma mulher usou uma faca para enfrentar uma enorme píton birmanesa que atacou seu cão quando passeavam em um parque em Hong Kong, informou a imprensa local.

Courtney Link disse ao Sunday Morning Post que a cobra de cerca de cinco metros de comprimento se enrolou em torno do corpo do seu cão, de 24 quilos, na semana passada.

O cão ficou com ferimentos no tórax e nas patas
O cão ficou com ferimentos no tórax e nas patas

“Quando vi a serpente, comecei a esfaqueá-la com fúria”, relatou Link, acrescentando que recorreu à faca só depois de bater com as mãos sem ser capaz de libertar o seu animal de estimação.

A píton finalmente abandonou sua presa e desapareceu, deixando o cão com ferimentos no tórax e nas patas. Uma porta-voz do departamento de Agricultura, Pesca e Conservação confirmou que um cão tinha sido atacado por uma píton birmanesa.

Essa espécie está entre as maiores do mundo e pode chegar a até seis metros de comprimento e a mais de 100 quilos. É o maior predador natural de Hong Kong e é uma espécie protegida no território. Raramente são vistas, mas os ataques contra cães não são desconhecidos.

Em 2007, uma mulher resgatou seu cão depois de uma briga com uma píton de 4,5 metros de comprimento, e no ano anterior um husky de 22 quilos morreu asfixiado por uma do mesmo tipo.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Hesiodo José

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.Coluna do Hesiodo …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).