Inicio » Internacional » Europa » Europa – Papa Francisco pede a padres que não espantem os pecadores

Europa – Papa Francisco pede a padres que não espantem os pecadores

O papa Francisco pediu neste domingo (11) aos padres católicos que sejam realmente misericordiosos com os pecadores. Muitas vezes, observou o papa, os padres são tão duros com os pecadores que os fiéis sentem como se “a Igreja estivesse fechando a porta na sua cara”.

Francisco diz se sentir mal por perceber que muitas pessoas não procuram mais o confessionário por se sentirem repreendidas
Francisco diz se sentir mal por perceber que muitas pessoas não procuram mais o confessionário por se sentirem repreendidas

Na homilia de hoje na Basílica de São Pedro, Francisco afirmou que se sente mal por perceber que muitas pessoas não procuram mais o confessionário porque de alguma forma se sentem “repreendidas” pelos padres.

“Não façam isso”, orientou o papa a 13 novos padres ordenados hoje na basílica. Francisco pediu a eles que sigam o exemplo de Jesus e nunca se cansem de ser piedosos. “Lembrem-se que Jesus veio para perdoar, não para condenar”, disse ele.

Fonte: Agência Estado

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).