Inicio » Minas Gerais » Belo Horizonte » MG – Jovem é executado com 14 tiros ao sair de baile funk em BH

MG – Jovem é executado com 14 tiros ao sair de baile funk em BH


Reviewed by:
Rating:
5
On 11 de maio de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

MG - Jovem é executado com 14 tiros ao sair de baile funk em BH

Um jovem de 19 anos foi executado na madrugada deste domingo (11), na saída de um baile funk do bairro Ribeiro de Abreu, na região Norte de Belo Horizonte.

Segundo a Polícia Militar (PM), Walisson Felipe dos Santos foi alvejado com 14 tiros pelo corpo, e foi encontrado caído na rua Serra da Boa Esperança. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas os médicos não conseguiram reanimar o rapaz.

MG - Jovem é executado com 14 tiros ao sair de baile funk em BH
MG – Jovem é executado com 14 tiros ao sair de baile funk em BH

Familiares da vítima contaram que ele saiu do baile porque encontrou um homem com quem não se dava bem, pediu a moto de um amigo emprestada para ir embora, mas foi morto no meio do caminho. Eles não souberam informar, no entanto, quem poderia ter cometido o crime e por qual motivo.

O corpo de Walisson foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).