Inicio » Esporte » Libertadores 2014 – Com queda cruzeirense, Kalil provoca rivais no Twitter

Libertadores 2014 – Com queda cruzeirense, Kalil provoca rivais no Twitter

Após a eliminação do Cruzeiro para o San Lorenzo, nesta quarta-feira, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América, o presidente do Atlético-MG, Alexandre Kalil, utilizou o Twitter pessoal para provocar os torcedores celestes.

 

“Eu sabia, a velha história dos três patetas”, publicou. Quando o Atlético-MG foi eliminado nas oitavas de final da competição, para o Atlético Nacional, Kalil disse que não estava preocupado com o Cruzeiro no torneio, pois seria mais um episódio do famoso seriado de humor “Os Três Patetas”.

Ainda em entrevista, Kalil já havia demonstrado que a torcida seria pelo time do Papa. “Não é que eu seja San Lorenzo desde criancinha, eu sou católico, desde quando vou torcer contra o time do Papa? De jeito nenhum”.

A comparação do Cruzeiro com os “Os Três Patetas” não é nova. Kalil utilizou a mesma frase para provocar os rivais após derrota para o Estudiantes, na final da Libertadores 2009, no Mineirão.

Ainda pelo Twitter, o presidente do Atlético-MG deixou outro recado aos rivais. “Para dar vexame em Marrocos, tem que ser campeão da Libertadores”, cutucou, lembrando da derrota da equipe alvinegra para o Raja Casablanca, do Marrocos, na semifinal da última edição do Mundial de Clubes da Fifa.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).