Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Americano é preso por tentar fazer sexo com caixa eletrônico

Americano é preso por tentar fazer sexo com caixa eletrônico

Um homem foi preso após ter sido pego tentando fazer sexo com um caixa eletrônico e uma mesa de madeira. As informações são doDaily Mail.

Lonnie Hutton, 49 anos, estava em um restaurante na cidade de Murfreesboro, no Tennessee, EUA, quando tirou suas calças e cueca e começou a fazer movimentos como se estivesse fazendo sexo com um caixa-eletrônico que tinha no local.

Americano é preso por tentar fazer sexo com caixa eletrônico
Americano é preso por tentar fazer sexo com caixa eletrônico

A polícia conseguiu encontrar Hutton nas proximidades do restaurante ainda sem roupa, balançando os quadris e exibindo suas genitais. Ele foi detido por embriaguez e desordem pública. Segundo a polícia, o homem exalava cheiro de álcool e apresentava dificuldades de movimento.

Hutton ainda teria tentado fazer sexo com uma mesa de madeira enquanto a polícia fazia sua detenção. O homem terá de pagar uma multa de US$ 250 (quase R$750).

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).