Inicio » Política » Eleições 2014 – Aécio Neves se queixa de Eduardo Campos por rompimento em Minas

Eleições 2014 – Aécio Neves se queixa de Eduardo Campos por rompimento em Minas

O senador mineiro Aécio Neves (PSDB) se queixou nessa segunda-feira (19) do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), adversário na disputa pela Presidência da República, durante o ato de lançamento da chapa tucana que vai concorrer ao Governo de Minas Gerais, com o ex-deputado federal Pimenta da Veiga.

Eleições 2014 - Aécio Neves se queixa de Eduardo Campos por rompimento em Minas
Eleições 2014 – Aécio Neves se queixa de Eduardo Campos por rompimento em Minas

“Eu não mudarei a minha estratégia e tampouco os entendimentos e acordos que firmei. Pelo menos da minha parte eles serão honrados”, afirmou o tucano, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. Inicialmente, o PSB havia prometido apoiar da Veiga, mas agora ameaça lançar candidato próprio, o deputado federal Júlio Delgado (PSB).

“Eu continuo – como diria o velho Otto Lara Resende – aonde sempre estive. Meu objetivo é encerrar esse ciclo de governo que aí está e iniciar outro”, cobrou o senador.

Aliado dos tucanos do Estado desde 2002, o PSB não compareceu a cerimônia. Questionado sobre o rompimento, Aécio disse que era preciso perguntar a Campos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).