Inicio » Política » Eleições 2014 – PSB de Minas define até o final de semana candidato ao governo

Eleições 2014 – PSB de Minas define até o final de semana candidato ao governo

O lançamento da candidatura do deputado federal Julio Delgado (PSB-MG) ao governo mineiro será definido até o final de semana. Nessa segunda (19), o partido, que é presidido em Minas por Delgado, reuniu-se para definir a data da convenção estadual, que ficou para 21 de junho. A decisão tomada lá irá influenciar diretamente o cenário em Pernambuco, pois o PSDB poderá responder à quebra da aliança firmada entre os dois partidos com o lançamento de uma chapa majoritária.

Eleições 2014 - PSB de Minas define até o final de semana candidato ao governo
Eleições 2014 – PSB de Minas define até o final de semana candidato ao governo

“Não podemos deixar de considerar os ventos de mudança que estão soprando no Brasil não passem por Minas Gerais. Saio de uma zona de conforto, que seria a reeleição, para enfrentar um desafio por uma boa causa”, disse Delgado, principal nome socialista para a disputa. Além dele, ecoa no cenário mineiro a composição do palanque com o ambientalista Apolo Heringer, ligado a Marina Silva.

A necessidade do lançamento da candidatura do PSB ficou mais evidente depois que Eduardo Campos esteve em Minas para receber o título de o cidadão Belo Horizonte, no começo do mês. Os socialistas mineiros entram na guerra para fortalecer o palanque de Eduardo no Estado, terra de Aécio Neves, opositor na corrida ao Palácio do Planalto.

Os dois partidos – PSDB e PSB – eram aliados em Minas desde 2002. Os socialistas comandam a secretaria de Educação no governo de Alberto Pinto Coelho (PP), substituto de Antonio Anastasia (PSDB), que deixou o cargo para concorrer ao Senado. Delgado disse a entrega do cargo não está descartada.

Os distanciamento entre tucanos e socialistas ficou evidente nessa segunda (19), quando o PSDB lançou a chapa majoritária ao governo mineiro, com os nomes de Pimenta da Veiga (PSDB) ao governo, Dinis Pinheiro (PP) para vice e Antonio Anastasia para o Senado. O ato contou com a presença do presidenciável Aécio Neves (PSDB). Em evento anterior, quando o nome de Pimenta da Veiga foi anunciado, Julio Delgado participou do ato, pois ainda havia o indicativo de aliança.

O PSDB também não demonstrou esforço para tentar manter o PSB no grupo. Aos socialistas, foi oferecida a vaga de segunda suplência no Senado. “Em contrapartida, ofereci a eles a vaga de vice ou senador na nossa chapa”, rebateu Julio Delgado.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).