Inicio » Internacional » ‘Lutem pelo que querem’ em paz, diz o Papa Francsico a crianças palestinas

‘Lutem pelo que querem’ em paz, diz o Papa Francsico a crianças palestinas

O papa Francisco se reuniu neste domingo (25) em Belém com um grupo de crianças palestinas, a quem pediu que “sigam sempre em frente” e lutem “pelo que querem” em paz.

“Nunca deixem que o passado determine suas vidas. Sigam sempre em frente. Lutem pelas coisas que querem”, disse.

Papa pediu pelo fim da violência
Papa pediu pelo fim da violência

“Não se pode vencer com violência. A vitória é conquistada com a paz”, disse o Papa em espanhol, com a ajuda de um tradutor.

Depois da missa na Esplanada de Belém, o Papa descansou na residência Casa Nova, propriedade da Custódia franciscana na Terra Santa. Ele almoçou com famílias palestinas, procedentes de Belém, Jerusalém Oriental, Galileia e Gaza.

Lá, as famílias conversaram com o pontífice sobre seus problemas diários, em particular sobre o muro da “segregação” e sobre a falta de liberdade de movimento.

Francisco rezou sozinho na gruta da Natividade e percorreu parte de Belém em um carro sem capota. Depois, visitou rapidamente o campo de refugiados de Dheisheh.

Lá, conversou com crianças palestinas antes de embarcar em um helicóptero rumo a Tel Aviv e, depois, para Jerusalém.

Por razões diplomáticas o Papa chegou primeiro a Tel Aviv, apesar de apenas oito quilômetros separarem Belém de Jerusalém.

Fonte: AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).