Inicio » Nacional » Brasil – Operação “Metástase” combate desmatamento ilegal em sete Estados

Brasil – Operação “Metástase” combate desmatamento ilegal em sete Estados

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (5), uma operação de combate ao desmatamento ilegal, em ação conjunta com o Ministério Público Federal e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Investigações da Polícia Federal indicam que quadrilha estaria fraudando sistema de controle do Ibama, para poder explorar madeira irregularmente nos estados da Bahia, Goiás, Minas, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Tocantins
Investigações da Polícia Federal indicam que quadrilha estaria fraudando sistema de controle do Ibama, para poder explorar madeira irregularmente nos estados da Bahia, Goiás, Minas, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Tocantins

As investigações apontam que os criminosos fraudavam o sistema de controle de produtos florestais do Ibama, o DOF, documento exigido para exploração regular de madeira.

A Operação Metástase, desencadeada no Dia mundial do Meio Ambiente, desarticulou uma organização criminosa especializada no desmatamento ilegal de vegetação nativa, principalmente na região do cerrado brasileiro.

A madeira, extraída irregularmente, era usada para produção, transporte e comercialização de carvão destinado ao abastecimento de fornos de indústrias siderúrgicas no estado de Minas Gerais.

Cerca de 400 policiais federais cumprem 48 mandados de prisão temporária, 46 mandados de busca e apreensão e três mandados de condução coercitiva, nos estados de Goiás, Minas Gerais, Tocantins, Bahia, Mato Grosso, Paraná e Pernambuco.

O nome da operação faz referência à forma como a organização atuava na exploração do cerrado, como um câncer que se espalhou pela região. O bioma é um dos mais ameaçados do país. Considerado a savana mais rica do mundo, com uma área original de 204 milhões de hectares, já perdeu mais de 60% da vegetação original.

Em Minas Gerais, a operação abarcou as cidades de Sete Lagoas, Betim, Caetanópolis, Pedro Leopoldo, Paraopeba, Maravilhas e Conselheiro Lafaiete, contando com um efetivo de mais de 80 policiais. Foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão, seis mandados de prisão temporária, com quatro presos até o momento.

As informações são da Polícia Federal

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).