Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso » Coluna – As ultimas que comentam nas ruas

Coluna – As ultimas que comentam nas ruas

O Brasil está a uma semana de sediar a Copa do Mundo de futebol. Histórico 2014. Particularmente estou com medo, não do time em campo, que já provou competência, mesmo com o goleiro Júlio Cesar apadrinhado pelo técnico sem a confiança da torcida. Falo da reação de algumas pessoas que são contrárias ao evento. Na minha modesta opinião estamos sim, deficientes de uma organização nos setores da saúde, educação e segurança pública. Mas nenhum governante em sã consciência cometeria o disparate de rejeitar uma oportunidade como esta de trazer os holofotes do planeta para dentro do seu “quintal”. Ou tudo ou nada, se ganharmos a copa, reelegeremos a Presidenta, se perdermos e ainda tivermos movimentos que maculem a imagem do país, teremos a volta do PSDB, com Aécio e companhia. Sou a favor sim da manifestação para mudarmos aquilo que não funciona bem, mas é interessante que as pessoas que se manifestam em prol de uma mudança coletiva, não se deixem levar por aliciadores políticos que aproveitam a oportunidade para fazerem campanhas contra o governo, pois tais atitudes por parte deles não seriam cometidas se estivessem no poder, assim como também não se deve acompanhar baderneiros que vivem discordando de tudo, acordam ao meio dia, almoçam, usurpam a carteira dos pais e saem para curtir à tarde da maneira que a adrenalina evocar. Assim a polícia que tem o discurso de paz, mas nas mãos tem a guerra, se armam, ensaiam seus ataques e colocam todos no mesmo taxo. Também vem a questão de honra do governo brasileiro de dar segurança aos que chegam para celebrar a copa e com certeza, mesmo liderado por uma ex-guerrilheira, fará tudo para impedir a aproximação dos gringos. Mais uma vez, volto a dizer que não sou contra as manifestações, mas não sou a favor do manifestante que vira massa de manobra nas mãos de outros sem os mesmos objetivos. Penso que a hora é de baixarmos um pouco a guarda, já que a lei da física de ação e reação existe e, será aplicada ao extremo, tanto que até anfíbios, carros de guerra vão começar a desfilar pelas ruas, então respiremos o bom ar da paciência, torçamos para que o Brasil nos represente bem, ganhe esta copa e faça com que todos os países do mundo abram suas porteiras para nossas exportações, abram suas negociações para importamos com justiça econômica e ai depois se nada mudar que recomecem os movimentos, agora com mais direitos de pedir com a força que o braço sustentar, pois será ciência de todos os cantos que o povo ordeiro do Brasil, foi companheiro e esperou o momento adequado para fazer suas reivindicações. Será também este o grande momento de fazer aquele cidadão de três corações que jogou muito pela seleção Brasileira, mas o que falou de asneira depois tirou todos os motivos que se tinha para condecora-lo, no mesmo nível do Corintiano que acha que o país não precisa de hospitais, fazer com que os dois aprendam que amor à pátria é diferente de deflora-la da maneira que fizeram sem dar nada em troca.

Por Adilson Cardoso

Adilson Cardoso
Adilson Cardoso
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).