Inicio » Mais Seções » Robôs usam inteligência artificial para entender humanos

Robôs usam inteligência artificial para entender humanos


Reviewed by:
Rating:
5
On 5 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Robôs usam inteligência artificial para entender humanos

Um robô para cuidar de idosos ou servir de babá para crianças pequenas. Será possível em breve. Pelo menos é o que garante a empresa de tecnologia japonesa Softbank, que criou uma máquina capaz de entender as emoções humanas. Segundo o jornal The Independent, “Pepper” usa um “sistema emocional” e inteligência artificial e será vendido 198 mil yenes (R$ 4,3 mil).

Robôs usam inteligência artificial para entender humanos
Robôs usam inteligência artificial para entender humanos

A expectativa dos criadores é de que ele possa ser utilizado em uma série de tarefas, como cuidar de idosos ou servir de babá para crianças pequenas. De acordo com a empresa, o robô aprende com as interações humanas: cada experiência aprendida é um ensinamento para a base de inteligência artificial.

O robô possui braços e mãos articuladas e se move com rodas escondidas em sua saia de plástico.

Robôs Essa é só mais uma novidade no mercado japonês de robôs. Há dois anos, o setor rendeu R$ 19 bilhões e deverá triplicar até 2020, com o avanço na faixa etária do país e a necessidade de auxílio aos mais velhos. Atualmente, 22% da população nipônica está acima dos 65 anos de idade.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).