Inicio » Minas Gerais » MG – Homem é suspeito de mandar matar namorada da ex-mulher

MG – Homem é suspeito de mandar matar namorada da ex-mulher

A Polícia Civil investiga a morte de uma mulher de 28 anos que foi assassinada em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, no último sábado (7). O suspeito do crime é o ex-marido da namorada da vítima.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Nayara Taíse Pereira foi executada com disparos na cabeça, ombros e costas na rua Cristal, no bairro São Raimundo. No momento do crime, a jovem seguia para a casa da mãe.

MG - Homem é suspeito de mandar matar namorada da ex-mulher
MG – Homem é suspeito de mandar matar namorada da ex-mulher

Familiares da mulher contaram à polícia que o ex-marido da atual companheira de Nayara, identificado apenas pelo apelido de “Beto”, não aceitava o relacionamento homossexual da ex-mulher.

Para se vingar,  o suspeito teria deixado duas armas com moradores do bairro. Em troca, eles teriam que matar Nayara. Ainda segundo populares, por medo, a vítima já teria se mudado da região. Os autores dos disparos seriam dois menores de 16 e 17 anos.

Os adolescentes abordaram a vítima e dispararam oito vezes, sendo que a jovem foi atingida por quatro disparos. Militares fizeram rastreamento na região, mas os suspeitos não foram localizados. A namorada de Nayara também não foi encontrada.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).