Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Justiça decreta bloqueio dos bens do ex-prefeito de Januária

Norte de Minas – Justiça decreta bloqueio dos bens do ex-prefeito de Januária

A justiça federal, decretou a indisponibilidade de bens do ex-prefeito de Januária, Maurílio Arruda, e também de Alexandre de Sá Rego, Christiano Maciel Carneiro, Wilton Teixeira Santos e de Daivson Oliveira Vidal.

A decisão foi publicada no site do Tribunal Regional Federal da 1ª Região nesta segunda-feira (9).

Maurílio Arruda já tinha sido preso em setembro de 2013, quando foi apontado como participante do esquema.
Maurílio Arruda já tinha sido preso em setembro de 2013, quando foi apontado como participante do esquema.

Os cinco são apontados como participantes de um esquema de fraude na contratação do Instituto Mundial de Cidadania e Desenvolvimento (IMDC), para execução dos cursos do Projovem Trabalhador na cidade.

A justiça determinou ainda o bloqueio do dinheiro da conta do Instituto. O valor bloqueado em todos os casos chega a quase R$ 3 milhões.

Maurílio Arruda já tinha sido preso em setembro de 2013, quando foi apontado como participante do esquema.

Na época, a Justiça entendeu que o ex-prefeito ignorou orientações para não contratar o IMDC e para não liberar o pagamento integral.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).