Inicio » Mais Seções » Beleza » Beleza – Top do momento aconselha meninas a não serem modelos

Beleza – Top do momento aconselha meninas a não serem modelos

Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento. É a queridinha de Karl Lagerfeld, já assinou linha de bolsas e acaba de estrear como atriz na série para TV Timeless. Durante o lançamento da série, a top parecia muito incomodada com o assédio de fãs e de fotógrafos dentro e fora do hotel em que estava. “Eu adoraria dar um soco em um destes fotógrafos, eu ficaria muito feliz. Sonho com isso à noite”, disse em entrevista exclusiva a Alexis Petridis, do The Guardian. 

Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.
Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.

Fãs “estranhas”
No entanto, pouco antes de reclamar dos flashes, a modelo não cansava de posar com suas já conhecidas caretas, sinais de paz e amor e língua de fora para um batalhão de admiradores. Acostumada a ter paparazzi na porta de sua casa e seguindo todos os seus passos, ela também acha “estranho” o comportamento dos próprios fãs. “Eu estava na Escócia e umas meninas vieram me falar sobre isso, perguntei como sabiam que eu estava lá, então responderam que uma amiga delas tinha me visto no banheiro de um restaurante e twittado que eu estava ali. É muito estranho alguém twittar sobre uma pessoa no banheiro, não?”. E completa: “quando eu era adolescente era fã de muitos cantores e atores, mas era outro tipo de admiração, hoje as pessoas são obsessivas. Eles acham um objeto de obsessão e o seguem por todos os lugares, querem saber tudo dele e é possível fazer parte da vida deles por causa do Twitter e do Instagram. As coisas mudaram muito, mas é muito estranho e assustador”, disse durante a entrevista.

Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.
Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.

Início da carreira
Cara começou a carreira de modelo aos 10 anos e, apenas há dois, realmente se destacou na indústria da moda quando se tornou a garota-propaganda da Burberry. Na última temporada de verão, ela participou de 39 desfiles e foi alçada ao status de celebridade. Sua postura de menina normal, suas aparições polêmicas em festas podem ser os responsáveis por isso, já que Cara tenta se afastar da postura “chata, sem graça e meio arrogante” da maioria das modelos. 

“Como modelo, eu realmente tento não agir como uma modelo, entende? Quando comecei, a ideia de ser modelo era muito diferente, era meio engessada, ninguém queria se divertir e nem tentava fazer isso, apenas sorriam e pronto”, comenta. E, para ela, agir fora dos padrões é justamente se aproximar das pessoas e não estar no patamar que dão às tops. ‘Não sei por que faço sucesso. Porque sou sortuda e fiz as escolhas certas? Realmente não sei, não tenho a menor ideia”.

Com mais de 1,6 milhões de seguidores no Twitter, Cara fica online quase o tempo todo conversando com amigas famosas e também com fãs. “Elas falam sobre todo tipo de coisa, como problemas com a família, briga com amigos, problemas com comida, drogas, namorados, bullying e eu tento ajudá-las”.

Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.
Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.

Família rica

Talvez seja justamente essa postura tão contra-mão ao comportamento comum nesta indústria que a transformou em estrela. Mas Cara não é nada deslumbrada com este mundo, isso porque sua majestade vem de berço. Ela  é filha de um dos maiores corretores imobiliários de Londres, sua mãe era modelo e viciada em heroína, mas hoje trabalha como personal stylist e há boatos de que dê consultoria à Kate Middleton. Uma de suas irmãs também é modelo e a família, que vive em uma mansão de mais de £10 milhões de libras, tem relações com a família real britânica. Quando era criança, Cara se recusou a falar com Madonna, quando a cantora visitou sua casa, porque estava ocupada demais assistindo TV. Mesmo com todo esse histórico, ela afirma que começou a investir mais na carreira de modelo aos 16 anos para pagar o curso de teatro. 

Vida de manequim
Nessa época, ela carregava consigo uma câmera para registrar os bastidores da moda. “As pessoas olham através de você e não para você, te tratam como um manequim feito de plástico. Fiz uma tatuagem no meu pé ‘Made in England’ para representar isso, como me senti por muitos anos. Era apenas um brinquedo, um entretenimento e você sente que realmente não precisa ter alma para fazer este trabalho. Mas, quando começa a melhorar, as pessoas perguntam sua opinião e fiquei chocada quando isso aconteceu. E então tudo muda, as pessoas deixam de te tratar como merda”.

Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.
Aos 21 anos, a britânica Cara Delevingne é definitivamente a modelo mais badalada do momento.

“Use seu cérebro e não seja modelo”
Perguntada se deixaria uma filha sua seguir a carreira de modelo, respondeu categoricamente. “Eu diria ‘não’. Muitas meninas dizem que sonham em serem modelos, mas penso que elas podem ser melhores que isso. Olhe, eu amo o que faço, não estou reclamando, nem falando mal da minha profissão, só penso que as pessoas podem ser mais que isso. Tive muita sorte de chegar aonde cheguei, mas não é fácil e as modelos vivem muitas coisas estranhas e se submetem a muita merda. Então, se você tem um cérebro, coisa que todo mundo tem, use-o e tente fazer outra coisa da vida”.

Polêmicas na vida pessoal
Cara raramente dá entrevistas e quando o faz, limita os assuntos. É proibido falar sobre relacionamentos – boatos dão conta que ela já namorou Harry Styles, Jake Bugg, sua melhor amiga Rita Ora e a atriz Michelle Rodriguez –  e também de drogas. O episódio mais famoso neste quesito aconteceu no ano passado quando ela foi fotografada deixando cair no chão o que seria um saquinho com cocaína. Com tantos flashes sobre ela, Cara mantém o discurso político: “a imprensa tem sido muito boa comigo”.

Ícone de moda
Sobre ser considerada um ícone de moda, Cara desconversou e garantiu que “roupas são apenas roupas” e que sempre usa calça de moletom, camiseta e gorro. “Na escola me pediam para não usar a mesma roupa duas vezes na semana, mas eu falava que eram só roupas”.

Além da moda
Além da moda, Cara tem se dedicado também à carreira de atriz e até música. Por isso, caprichou em sua atuação, como talvez uma busca por outra carreira. “Tive que me esforçar muito e contrariar as pessoas que diziam que o cachê não era tão bom quanto o de modelo, mas eu respondia que chegaria a pagar para participar deste projeto porque me importo demais com ele”.

A fama
Aos 16 anos, Simon Fuller, jurado do programa Idolsconsiderou Cara uma pop star, título que irritou um pouco a modelo. “Acho que ele estava procurando modelos que tivessem algum talento a mais, mas eu gostaria de ter participado com ele porque isso seria importante para mim”. Isso porque além de modelo e atriz, Cara também tem ambições musicais. Ela toca bateria e guitarra e tem uma banda. “Toco um pouco de jazz, de soul, minha voz é meio rouca, mas é sempre tudo sobre emoções”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).