Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Vereador de Itacarambi é denunciado por ex-amante de agressão física e cárcere privado

Norte de Minas – Vereador de Itacarambi é denunciado por ex-amante de agressão física e cárcere privado

O Vereador Juvenal Seixas Ferro (PDT) de Itacarambi, no Norte de Minas, foi denunciado pela ex-companheira, N F  S, de agressão física e cárcere privado.

Ela procurou a Polícia para contar o que teria passado há cerca de um mês.

Norte de Minas - Vereador de Itacarambi é denunciado por ex-amante de agressão física e cárcere privado
Norte de Minas – Vereador de Itacarambi é denunciado por ex-amante de agressão física e cárcere privado

Segundo NFS o relacionamento já chegou ao fim, e sem motivos aparentes no dia 18 de maio o vereador  agrediu, deixando-se em cárcere privado. Ele afirmou ainda que se saísse, iria se arrepender. De acordo com a ocorrência policial, da  Delegacia de Polícia, a mulher foi orientada a realizar exame de corpo de delito. O caso já está sendo investigado.

A técnica de enfermagem mantinha um relacionamento com o vereador há mais ou menos 20 anos, durante esses anos de convívio foi só desgosto. Apesar do vereador  ser casado, mantinha um laço extraconjugal com a vitima.

Segundo ela, a briga aconteceu num bar da cidade enquanto bebia ao lado de varias amigas,  num determinado momento houve um desentendimento com outra mulher, foi ai que começou a briga, o vereador teve que intervir levando-a para sua casa.

Segundo a vitima no percurso o vereador teria xingado ela foi neste momento que começou a agressão. Ele irritado segurou em seu pescoço de forma brusca tentando enforca-la dizendo que ela teria arruinado a vida dele e que ela teria tirado os eleitores dele,  para se desvencilhar acabou sendo jogada no vidro do veiculo sofrendo um corte profundo no rosto. Perdendo muito sangue, ele a levou para sua casa trancando num quarto sem poder sem prestar socorro.

Dizendo que não foi socorrida por ele, falando que ela iria dá parte na polícia, e teve que sair sozinha  até sua casa, sendo amparada pelo filho. Falou que o vereador omitiu socorro.

Ela informou ainda que esta não é a primeira vez que Juvenal agride ela, houve casos ainda pior. “Sou hoje uma mulher arruinada com o rosto desfigurado” falou a ex-amante do vereador.

Esta não é a primeira vez que o vereador Juvenal se envolve em problema no dia 30 de junho de 2013, foi preso, depois de ameaçar uma guarnição da PM  por perturbação do sossego.

Ela informou ainda que esta não é a primeira vez que Juvenal agride ela, houve casos ainda pior. “Sou hoje uma mulher arruinada com o rosto desfigurado” falou a ex-amante do vereador.
Ela informou ainda que esta não é a primeira vez que Juvenal agride ela, houve casos ainda pior. “Sou hoje uma mulher arruinada com o rosto desfigurado” falou a ex-amante do vereador.

Na ocasião  o vereador  estava com o som ligado e fugiu quando viu os policiais. Em seguida, ele foi abordado pela polícia e os ameaçou.de acordo com a PM, Juvenal Seixas apresentava sinais de embriaguês. O vereador foi preso por ameaça e perturbação do sossego, e encaminhado à delegacia de Januaria.

Por Vailton Ferreira

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).