Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Japonês que destruiu ‘Diário de Anne Frank’ é libertado

Ásia – Japonês que destruiu ‘Diário de Anne Frank’ é libertado


Reviewed by:
Rating:
5
On 19 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Ásia - Japonês que destruiu 'Diário de Anne Frank' é libertado

Um  japonês que destruiu vários exemplares do “Diário de Anne Frank” em Tóquio foi colocado em liberdade, sem acusações, depois que os juízes o consideraram mentalmente irresponsável, informou a agência Jiji.

Mais de 300 exemplares do livro foram destruídos em várias bibliotecas de Tóquio, no mês de fevereiro
Mais de 300 exemplares do livro foram destruídos em várias bibliotecas de Tóquio, no mês de fevereiro

Mais de 300 exemplares do livro foram destruídos em fevereiro em várias bibliotecas de Tóquio, um incidente que provocou grande comoção no país.

A polícia prendeu um homem de 36 anos, desempregado, que admitiu o crime, mas sem explicar sua motivação.

Anne Frank, uma judia que nascem em Frankfurt (Alemanha) em 1929, viveu escondida de 1942 a 1944 com a família em Amsterdã, ocupada pelos nazistas. Quando foi descoberta, ela foi deportada para o campo de Bergen Belsen, onde morreu em 1945.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).