Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa 2014 – Dilma e Fifa voltam a ser hostilizados pela torcida em jogo da Copa

Copa 2014 – Dilma e Fifa voltam a ser hostilizados pela torcida em jogo da Copa

Aos 41 minutos do segundo tempo a Nigéria tentava a todo custo manter sua vitória por 1 a 0 diante da Bósnia, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), neste sábado (21). 

Copa 2014 - Dilma e Fifa voltam a ser hostilizados pela torcida em jogo da Copa
Copa 2014 – Dilma e Fifa voltam a ser hostilizados pela torcida em jogo da Copa

Na platéia VIP, as presenças do presidente da Fifa, o suíço Joseph Blatter, e do ministro Aldo Rebelo (Esporte).

A torcida em Cuiabá já havia promovido “olas” animadas, cantando alto o bordão obrigatório “Eu sou brasileiro, com muito orgulho…”.

Foi quando irrompeu e ganhou força um coro idêntico ao que motivou a principal polêmica do jogo de abertura da Copa, em São Paulo.

Uns ouviram mais o nome da presidente, outros ouviram mais Fifa, mas o fato é que o canto ganhou força e parecia vir de todos os lados.

“Ei….vai tomar no…”, berravam os torcedores, em canto que já havia sido ensaiado no primeiro tempo, sem sucesso.

Super FC

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).