Inicio » Mais Seções » Ciência » Explosão em montanha abre espaço para supertelescópio do ESO

Explosão em montanha abre espaço para supertelescópio do ESO


Reviewed by:
Rating:
5
On 23 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Explosão em montanha abre espaço para supertelescópio do ESO

Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) explodiu nesta quinta-feira parte do topo do Cerro Armazones, no Chile, para abrir espaço para a construção do Telescópio Europeu Extremamente Grande (E-ELT), que promete ser o mais potente telescópio do planeta.

Explosão remove 5 mil metros cúbicos de rocha. Contudo, ainda precisam ser retirados mais de 200 mil metros cúbicos
Explosão remove 5 mil metros cúbicos de rocha. Contudo, ainda precisam ser retirados mais de 200 mil metros cúbicos

Segundo o ESO, a detonação liberou 5 mil metros cúbicos de rocha do topo da montanha de 3 mil metros de altitude. Durante o processo de nivelamento, devem ser retirados 220 mil metros cúbicos de pedras do local para abrigar a plataforma de 150 por 300 metros do observatório que, por sua vez, abrigará o telescópio de 39 metros e sua cúpula.

O trabalho de construção civil, que começou em março deste ano, deve durar cerca de 16 meses e inclui a construção de uma estrada pavimentada, da plataforma no topo e de uma vala de serviço que leva ao cume. O telescópio, contudo, só deve começar a operar em 2024.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).