Inicio » Norte de Minas » Montes Claros – Vereadora Graça do PSF toma pose deixada pelo ex-vereador Alfredo Ramos

Montes Claros – Vereadora Graça do PSF toma pose deixada pelo ex-vereador Alfredo Ramos

Primeira suplente do Partido dos Trabalhadores, Maria das Graças Correa de Souza, a Graça do PSF, tomou posse nesta treça na Câmara Municipal, na vaga deixada por Alfredo Ramos, afastado em cumprimento de sentença judicial que lhe cassou o mandato por abuso de poder econômico, nas eleições de 2012. A petista adianta que seu mandato será marcado pela defesa dos interesses da população, especialmente a menos favorecida. Disposta a seguir a orientação do partido, ela descarta entrar em briga política. Garante que vai atuar de forma tranqüila, no Legislativo.

Na sessão da Câmara dos Vereadores de Montes Claros, na manhã desta terça-feira (24), tomou posse a nova parlamentar Maria das Graças Correa de Souza (PT).
Na sessão da Câmara dos Vereadores de Montes Claros, na manhã desta terça-feira (24), tomou posse a nova parlamentar Maria das Graças Correa de Souza (PT).

A  vereadora, em conversa telefônica com a reportagem, semana passada, disse que vive a expectativa e prepara-se para assumir cadeira na Câmara Municipal. Embora convocada desde a semana passada através de ofício pelo vereador Antonio Silveira, do PTN, presidente do Legislativo, ela afirmou que ai tomar posse nesta terça-feira. Em princípio, Graça do PSF pensou que se tratasse de boatos, como ocorreu em outras oportunidades, mas depois constatou que agora a coisa é para valer. Assim, ultima os preparativos para iniciar o exercício do mandato, que espera seja exitoso.

Servidora pública municipal contratada e prestando serviços no Programa de Saúde da Família (PSF) do Bairro Eldorado, o que derivou seu apelido, a petista disse que vai assumir cadeira na Câmara para dar continuidade ao trabalho de defender os interesses da população. Como atua no setor, a saúde será uma de suas principais bandeiras. “Vou defender os direitos do povo”, disse, ao frisar que pretende votar todos os projetos do Executivo que forem de interesse da população. “O que for para o bem do povo não posso ir contra”, sustenta.

Apesar de o PT ser oposição à administração municipal, Graça do PSF frisa que deseja seguir a orientação partidária, mas adianta que não pretende entrar em brigas políticas. Com a posse dela, a Câmara Municipal passa a contar com duas representantes do sexo feminino, sendo a outra Marly Alves, do PDT, eleita em 2012 com mais de 2.500 votos, enquanto a petista teve 1.250. As duas têm como principal base eleitoral a região do Grande Santos Reis.

AFASTAMENTO – Um dos líderes da oposição na Câmara Municipal, que incomodou a administração do prefeito Ruy Muniz, do PRB, por mais de um ano, o vereador Alfredo Ramos, foi afastado por determinação do juiz João Adílson Nunes, da 184ª Zona Eleitoral de Montes Claros, em cumprimento de sentença proferida há mais de um ano pelo juiz Richardson Xavier Brant, que lhe cassou o registro de candidato e ainda o tornou inelegível pelo prazo de oito anos. O magistrado proferiu a sentença com base em Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), proposta pelo Ministério Público Eleitoral, com o argumento de que o vereador, reeleito para o segundo mandato consecutivo, se beneficiou eleitoralmente de matérias divulgadas em jornal do Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros, que fizeram alusões ao seu trabalho parlamentar.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

MG – Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.MG – Mortes …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).