Inicio » Internacional » Europa » Europa – Médico acusado de praticar eutanásia é absolvido na França

Europa – Médico acusado de praticar eutanásia é absolvido na França


Reviewed by:
Rating:
5
On 25 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Europa - Médico acusado de praticar eutanásia é absolvido na França

O médico francês Nicolas Bonnemaison, julgado por ter encurtado a vida de sete pacientes em fase terminal, foi absolvido nesta quarta-feira por um tribunal de Pau (sudoeste da França).

Na foto, o ex-médico da emergência do hospital de Bayonne, Nicolas Bonnemaison, chega ao tribunal de Pau, sudoeste da França, para o primeiro dia de seu julgamento, em 11 de junho
Na foto, o ex-médico da emergência do hospital de Bayonne, Nicolas Bonnemaison, chega ao tribunal de Pau, sudoeste da França, para o primeiro dia de seu julgamento, em 11 de junho

“O doutor Bonnemaison foi absolvido de todas as acusações”, afirmou o presidente do tribunal, após quatro horas de deliberação.

O veredicto foi recebido com aplausos na sala de audiência e com um sorriso por Bonnemaison.

Ex-funcionário da emergência do hospital de Bayonne, o médico era acusado de sete “envenenamentos” de pacientes idosos e em estado terminal em 2010 e 2011. Ele corria o risco de receber uma pena de prisão perpétua.

O veredicto foi pronunciado um dia depois do Tribunal Europeu de Direitos Humanos de Estrasburgo ter ordenado a manutenção com vida de um enfermo em estado vegetativo, contra a decisão da principal jurisdição administrativa francesa. Uma decisão que intensificou o debate sobre a eutanásia na França.

belgicaeutanasiainfografico

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).