Inicio » Internacional » América » Mãe arranca escroto de filho pequeno e cola com Super Bonder

Mãe arranca escroto de filho pequeno e cola com Super Bonder

Uma mulher foi condenada a passar dois anos na prisão após arrancar parte dos órgãos genitais do seu filho de seis anos de idade, no Texas, EUA. As informações são do Huffington Post.

Segundo a publicação, Jennifer Vargas, 34 anos, teria tido um ataque de raiva e arrancado, com as mãos, o saco escrotal de seu filho. Depois, ela teria limpado a ferida com álcool e tentado colar a região com uma cola do estilo Super Bonder. 

Jennifer Vargas, 34 anos, teria tido um ataque de raiva e arrancado, com as mãos, o saco escrotal de seu filho
Jennifer Vargas, 34 anos, teria tido um ataque de raiva e arrancado, com as mãos, o saco escrotal de seu filho

O puxão deixou uma ferida de 4 cm, que só foi tratada quando o pai da criança chegou em casa e encontrou seu filho chorando. O homem levou o menino ao hospital e ele passou por uma cirurgia.

Vargas foi presa e passa por um processo de divórcio do marido, após o ocorrido. O menino já está recuperado e passa bem.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).