Inicio » Educação » Educação – Motivar alunos para as aulas: congresso educacional abre espaço para debate

Educação – Motivar alunos para as aulas: congresso educacional abre espaço para debate

A ação de educar também consiste em responder à seguinte questão: como demonstrar aos alunos a importância do conteúdo e despertar o interesse deles pelo conhecimento? Esse é o norte dos debates do 13º Congresso Internacional de Educação da LBV, que ocorre de 30/7 a 1º/8 na capital paulista, sob o tema “Mobilização como estratégia de aprendizagem: uma visão além do intelecto”.

Educação - Motivar alunos para as aulas: congresso educacional abre espaço para debate
Educação – Motivar alunos para as aulas: congresso educacional abre espaço para debate

O congresso será dividido em palestras e oficinas pedagógicas. Nas atividades direcionadas, educadores criarão instrumentos de participação, compartilhamento e transformação, de acordo com a temática específica de suas oficinas, apresentando diversificadas formas de mobilização em sala de aula.

Entre as 14 oficinas, uma aborda diretamente a matemática: “Mobilizando o raciocínio para brincar com a lógica”. Ministrada pelas professoras Silvana Burato, pós-graduada em Gestão Escolar, e Tatiane Ventura, pós-graduada em Educação Infantil, a ideia será desmistificar a matemática como disciplina pronta e acabada, tornando o seu ensino mais prazeroso e dinâmico mediante o lúdico e o incentivo à criatividade.

As pedagogas Daniela Fávaro e Tatiana Chamma, esta também graduada em Letras e especialista em Literatura, vão ministrar a oficina com a temática “Mobilizar: a Arte de enxergar o mundo da linguagem”. Será uma oportunidade de estudar as diversas formas de linguagem presentes no maravilhoso mundo artístico.

Haverá, ainda, a oficina “Mobilização: Criando, SucaTOCANDO e enCANTANDO, como estratégias interdisciplinares de motivação e construção  do conhecimento”, que visa  proporcionar aos participantes estratégias interdisciplinares por meio de músicas e construções artísticas, importantes elementos lúdicos quando utilizados para trabalhar as habilidades da língua, para promover interação, motivação e atmosfera de aprendizagem mais prazerosa e descontraída em sala de aula. Nesta, as oficineiras serão Claudiane Freitas Mendes, pedagoga, e Tatiane Massae Yamakata do Rosário, pedagoga, pós-graduada em Educação Infantil e Educação Especial Inclusiva.

Cada participante terá direito a acompanhar, além das palestras, cinco oficinas pedagógicas. Para saber mais informações a respeito de outras oficinas e/ou como se inscrever, basta acessar o site www.lbv.org/congressodeeducacao.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).