Inicio » Internacional » Oceania – Mulher morre eletrocutada por carregador de celular

Oceania – Mulher morre eletrocutada por carregador de celular

A Filipina Sheryl Anne Aldeguer, de 28 anos, morreu eletrocutada por uma carga de 240 volts, na Austrália.  Segundo as informações do Daily Mirror desta sexta, a jovem foi encontrada no dia 23 de abril, por amigos.

A mulher foi vítima de um choque de 240 volts
A mulher foi vítima de um choque de 240 volts

As informações dão conta de que a descarga elétrica que estava sendo utilizada para recarregar o celular vazou e foi para o fone que Sheryl usava, dando um choque na vítima.

Lynelle Collins que investiga o caso afirmou que “a tensão pode passar através de um carregador com defeito, de forma com que a energia do fone volte para baixo (laptop)”, explicou. 

Depois disso a energia voltou ao celular que não é preparado para receber esses 240 volts de energia. 

Agora, se a empresa que vendeu o carregador a jovem for encontrada, os responsáveis podem pagar uma multa U$$ 875 mil e mais dois anos de prisão. 

Sheryl foi morar em New South Wales, na Austrália para trabalhar e estava lá há pelo menos 6 anos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).