Inicio » Internacional » Oceania – Mulher morre eletrocutada por carregador de celular

Oceania – Mulher morre eletrocutada por carregador de celular


Reviewed by:
Rating:
5
On 27 de junho de 2014
Last modified:27 de junho de 2014

Summary:

Oceania - Mulher morre eletrocutada por carregador de celular

A Filipina Sheryl Anne Aldeguer, de 28 anos, morreu eletrocutada por uma carga de 240 volts, na Austrália.  Segundo as informações do Daily Mirror desta sexta, a jovem foi encontrada no dia 23 de abril, por amigos.

A mulher foi vítima de um choque de 240 volts
A mulher foi vítima de um choque de 240 volts

As informações dão conta de que a descarga elétrica que estava sendo utilizada para recarregar o celular vazou e foi para o fone que Sheryl usava, dando um choque na vítima.

Lynelle Collins que investiga o caso afirmou que “a tensão pode passar através de um carregador com defeito, de forma com que a energia do fone volte para baixo (laptop)”, explicou. 

Depois disso a energia voltou ao celular que não é preparado para receber esses 240 volts de energia. 

Agora, se a empresa que vendeu o carregador a jovem for encontrada, os responsáveis podem pagar uma multa U$$ 875 mil e mais dois anos de prisão. 

Sheryl foi morar em New South Wales, na Austrália para trabalhar e estava lá há pelo menos 6 anos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).