Inicio » Mais Seções » Entretenimento » SBT pode esticar “Chiquititas”, que ficaria dois anos no ar

SBT pode esticar “Chiquititas”, que ficaria dois anos no ar


Reviewed by:
Rating:
5
On 28 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

SBT pode esticar "Chiquititas", que ficaria dois anos no ar

A novela “Chiquititas” poderá durar ainda mais tempo no SBT.

O remake estreou em julho do ano passado com ideia inicial de ter 330 capítulos, mas logo foi esticado para 445, indo até março de 2015.

SBT pode esticar "Chiquititas", que ficaria dois anos no ar
SBT pode esticar “Chiquititas”, que ficaria dois anos no ar

Com a data se aproximando, a emissora já pensava no próximo remake, e estava entre duas produções: a mexicana “Carinha de Anjo” ou a argentina “Patinho Feio”.

Porém, segundo informações da coluna “Outro Canal”, agora o SBT estuda praticamente dobrar “Chiquititas” de tamanho, passando dos 600 capítulos, indo ao ar até julho do ano que vem, durando praticamente dois anos.

Vale lembrar que “Carrossel” teve um ano.

O aumento de “Chiquititas” iria garantir plateia e mais dinheiro para os cofres do SBT. A trama adaptada por Íris Abravanel é a atração de maior audiência do canal, chegando diariamente a médias de 12 a 13 pontos na Grande SP, garantindo o segundo lugar isolado e à frente da Record.

Fora isso, a novela é um sucesso de licenciamentos, até mais que “Carrossel”. “Chiquititas” já tem mais de 300 produtos lançados com a sua marca.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).