Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa 2014 – Colômbia aposta na posse de bola para derrotar o Brasil

Copa 2014 – Colômbia aposta na posse de bola para derrotar o Brasil

Adversária da seleção brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira em Fortaleza, a Colômbia pretende usar sua melhor arma no Castelão: a valorização da posse de bola.

“Contra o Brasil, você não precisa apenas permanecer focado durante toda a partida, também será muito importante que a bola seja nossa, porque eles têm jogadores que podem criar perigo”, afirmou o volante Carlos ‘la Roca’ Sánchez.

Copa 2014 - Colômbia aposta na posse de bola para derrotar o Brasil
Copa 2014 – Colômbia aposta na posse de bola para derrotar o Brasil

Ao longo da sua história, a seleção ‘cafetera’ foi conhecida pela qualidade do seu toque de bola, mas o técnico argentino acrescentou outras caraterísticas: a marcação forte para recuperar a posse o mais rápido possível e a capacidade de cadenciar o jogo de acordo a situação.

Com qualidade técnica de sobra, os jogadores rapidamente compraram a ideia e não tiveram dificuldade para aplicar em campo as teorias do treinador.

Para ditar o ritmo da partida, a Colômbia joga sob a batuta do seu maestro, o camisa 10 James Rodríguez, que, além de articular as jogadas, sabe concluí-las como ninguém, e uma prova disso é a artilharia isolada do torneio com cinco gols marcados.

O meia Juan Guillermo Cuadrado e o atacante Teófilo Gutiérrez também participam da movimentação ofensiva, alimentando o centroavante Jackson Martínez, enquanto a dupla de volantes formada por Carlos Sánchez e Abel Aguilar protege a defesa.

“Estamos trabalhando muito forte, sempre mantendo um plano a ser seguido no decorrer das partidas, para saber em que momento e por que lado temos que atacar, quais são os pontos fracos do adversário. Isso deu resultado e temos que seguir o mesmo caminho para enfrentar o Brasil”, resumiu Martínez, autor de dois gols nesta Copa.

A Colômbia mantém 100% de aproveitamento na competição, com vitórias sobre Grécia (3 a 0), Costa do Marfim (2 a 1) e Japão (4 a 1) na primeira fase. No último sábado, os colombianos superaram com autoridade o Uruguai no Maracanã, pelas oitavas de final.

Contra a Celeste, os ‘cafeteros’ tiveram 54% de posse de bola. Foi assim que os uruguaios ficaram acuados no seu campo de defesa e foram vítimas da magia do ‘Pequeno Príncipe’ James Rodríguez, autor dos dois gols da partida.

“O que James está fazendo nos jogos é importante, dentro de uma equipe que está bem em todas as frentes. Ele chamou a responsabilidade mesmo sendo um jogador tão jovem. Estamos na presença de um jogador do primeiro nível mundial”, elogiou Pekerman depois da partida.

O primeiro gol foi uma verdadeira pintura. James recebeu na entrada da área, matou no peito e, antes de deixar a bola cair, acertou um lindo chute que bateu no travessão, antes de entrar no gol uruguaio.

“Agora, vamos enfrentar um adversário muito difícil, que possui grandes jogadores, mas acho que eles também devem estar pensando isso da gente”, avisou o meia, que recebeu até elogios de outro lendário camisa 10, o argentino Diego Maradona.

Pekerman sabe que uma das chaves da partida deve ser a atuação do jovem craque Neymar, de quem o Brasil vem se mostrando cada vez mais dependente, enquanto a equipe colombiana parece mais equilibrada.

“O Brasil nos preocupa. Neymar é um jogador sensacional, ninguém pode negar, mas ele também depende dos companheiros. Por isso, o trabalho dos próximos dias será pensando mais no Brasil como equipe do que em apenas um jogador”, admitiu Jackson Martínez.

Neymar e companhia já estão avisados: mesmo jogando em casa, terão que enfrentar um seleção que não gosta de deixar a iniciativa para o adversário.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).