Inicio » Minas Gerais » MG – Corpo de criança que estava desaparecido em Santa Bárbara do Leste é encontrado

MG – Corpo de criança que estava desaparecido em Santa Bárbara do Leste é encontrado

No final da manhã desta segunda-feira (30/06), o corpo de João Paulo Camilo, de 7 anos, foi encontrado às margens da BR 116, em Dom Corrêa, próximo ao restaurante “Coisas de Minas”. O corpo da criança estava enrolado em um cobertor e com diversos ferimentos, sendo constatadas queimaduras provocadas por cigarro nas mãos, barriga e em diversas outras partes.

Mãe e padrasto são os principais suspeitos de matar a criança de 7 anos – Foto: Super Canal
Mãe e padrasto são os principais suspeitos de matar a criança de 7 anos – Foto: Super Canal

As costas e glúteos muito machucados, ferimentos possivelmente provocados por chicotadas. A violência foi tamanha que um dos testículos apresentava ferimento de corte. A perícia técnica da Polícia Civil esteve no local e realizou o trabalho de praxe. O corpo da criança foi encaminhado ao IML de Caratinga para a realização da perícia.

Segundo o delegado responsável pelo caso, a suspeita é de que o padrasto, José Mateus da Silva, de 35, e mãe, Josina Concebida Moysés, de 36, estejam envolvidos no crime. Conforme ainda está sendo apurado, a linha de investigação da Polícia é de que o padrasto tenha matado a criança na quinta-feira (26/06) e na sexta pela manhã tenha desovado o corpo às margens da rodovia. A tese ainda segue em apuração.

Padastro e mãe das crianças foram presos e autuados por tortura – Foto: Super Canal
Padastro e mãe das crianças foram presos e autuados por tortura – Foto: Super Canal

O delegado responsável pelo caso, Luiz Eduardo Moura Gomes, irá conceder uma entrevista às 16 para dar mais detalhes deste trabalho investigativo.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).