Inicio » Mais Seções » Ciência » Pesquisa descobre região no cérebro responsável pela ressaca

Pesquisa descobre região no cérebro responsável pela ressaca


Reviewed by:
Rating:
5
On 30 de junho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

Pesquisa descobre região no cérebro responsável pela ressaca

A maioria das pessoas já disse que nunca mais iria beber após acordar de ressaca. Cientistas da Universidade de Utah descobriram a área do cérebro responsável pela sensação e que ela é vital para evitar os exageros com bebidas alcoólicas. De acordo com o pesquisador Sharif Taha, a região é o que separa um bebedor social de um alcoólatra. As informações são do Daily Mail.  

Cientistas esperam encontrar uma solução para o alcoolismo
Cientistas esperam encontrar uma solução para o alcoolismo

A região, chamada habenula lateral, é ativada por experiências ruins. Segundo os cientistas, quando essa região é cronicamente inativa, com base em experiências em ratos, existe uma tendência ao consumo de bebidas em excesso e menor capacidade de aprendizado com os acontecimentos.

Eles deram a ratos o acesso a uma bebida alcoólica forte ao gongo de várias semanas. Os animais com a habenula lateral desativada beberam mais do que os com a região ativa. A lógica, de acordo com Taha, é a mesma da intoxicação alimentar: “você come algo que fez mal, fica doente e passa a evitar o alimento nas refeições futuras”. O processo não acontece quando a região no cérebro não funciona.

A expectativa dos pesquisadores é encontrar uma solução para o alcoolismo, uma vez que conseguiram decifrar os circuitos cerebrais que controlam a sensibilidade aos efeitos do álcool.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).