Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa 2014 – ‘Se ganhar de 1 a 0 já está maravilhoso’, diz Neymar

Copa 2014 – ‘Se ganhar de 1 a 0 já está maravilhoso’, diz Neymar

Neymar voltou a afirmar nesta quarta-feira que não vai ficar incomodado se o Brasil derrotar a Colômbia mesmo sem exibir um futebol vistoso, desde que a seleção consiga a classificação para as semifinais, na sexta em Fortaleza.

Copa 2014 - 'Se ganhar de 1 a 0 já está maravilhoso', diz Neymar
Copa 2014 – ‘Se ganhar de 1 a 0 já está maravilhoso’, diz Neymar

“Às vezes não é só festa, 5 a 0, 4 a 0. O futebol está muito equilibrado, todos os times estão muito fortes e ganha quem se compromete mais dentro de campo”, analisou o jovem craque em entrevista coletiva realizada na Granja Comary, em Teresópolis.

“Eu não quero dar show, dar espetáculo, quero ganhar. Não importa se não vamos dar chapéu ou drible e fazer todo mundo rir ou se vamos ter que dar carrinho. A gente quer sair vencedor. E eu não quero jogar nada neste jogo, só quero que o Brasil ganhe de 1 a 0. Pra mim isso já está maravilhoso”, enfatizou.

O atacante do Barcelona também tratou de tranquilizar a torcida sobre sua forma física, depois das pancadas na coxa e no joelho que levou contra o Chile. “Estou bem, podem ficar tranquilos”, disse simplesmente o jogador de 22 anos.

Neymar treinou normalmente nesta quarta-feira de manhã. No último coletivo antes da viagem a Fortaleza, o técnico Luiz Felipe Scolari colocou Paulinho de volta à equipe titular para suprir a ausência de Luiz Gustavo e formar a dupla de volantes com Fernandinho.

No segundo tempo, Felipão testou um novo esquema de jogo, mais defensivo e sem centroavante, em 3-5-2, com Henrique escalado como terceiro zagueiro no lugar de Fred, e Maicon na vaga de Daniel Alves na lateral direita.

“Eu me encaixo em qualquer formação. Temos um excelente treinador que resolve as escalações e como a equipe vai jogar. Temos que obedecer e fazer de tudo para o time vencer. Com ou sem centroavante, temos que jogar futebol”, comentou Neymar na entrevista coletiva.

“Meu pai sempre falou que treino é jogo, e jogo é guerra. Eu trato todo treino como um jogo e todo jogo como uma guerra. O treino é o espelho do jogo”, lembrou o camisa 10, que se irritou com perguntas sobre a ‘Neymar-dependência’ na seleção.

“Não me sinto sobrecarregado nem dentro nem fora de campo. Tenho companheiros que me ajudam, roubam a bola, fazem gol, dão passe. É uma seleção brasileira, não tem um cara só que precisa decidir tudo”.

Sobre a questão emocional, alvo da imprensa após a choradeira no final da partida contra o Chile, Neymar garantiu que “ninguém aqui está com problema, está todo mundo bem”. “Foi um jogo emocionante, onde fiquei muito emocionado. Cada um tem sua emoção. Estamos todos bem, preparados para enfrentar a Colômbia e se Deus quiser passar de fase”.

Neymar destacou que o trabalho com a psicóloga Regina Brandão, que atua com a seleção, é algo positivo.

“Eu nunca tinha feito nada deste tipo e acho que estou gostando bastante. Não é só no esporte, no futebol, estamos envolvidos com emoções todos os dias. Digo para vocês (jornalistas) que isto faz bem para o ser humano, ajuda a ficar mais leve. Estou aprendendo muita coisa com isto”.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).