Inicio » Economia » Pedidos de falência no Brasil caem 19% em junho, diz Serasa

Pedidos de falência no Brasil caem 19% em junho, diz Serasa

O número de pedidos de falência no Brasil caiu 19,1% em junho ante maio, para 114 requerimentos, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Serasa Experian.

Pedidos de falência no Brasil caem 19% em junho, diz Serasa
Pedidos de falência no Brasil caem 19% em junho, diz Serasa

Em comunicado, economistas da empresa de informações de crédito atribuíram o resultado ao menor dinamismo da economia, com as companhias buscando ajustar seu planejamento para evitar insolvências, em um cenário de juros mais altos e menor geração de negócios.

Na comparação com junho do ano passado, houve recuo de 24,5% nos pedidos de falência no País.

O número de falências decretadas também caiu em junho, chegando a 48, ante 78 em maio e 50 em igual mês de 2013.

Já as recuperações judiciais concedidas diminuíram na comparação mensal, passando de 34 em maio para 23 em junho, mas avançaram levemente sobre as 20 registradas um ano antes.

Reuters

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).