Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes

Montes Claros – Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes

No sábado, dia 5, Só Pra Contrariar apresenta seus sucessos com pagode e samba da melhor qualidade. A banda, liderada por Alexandre Pires, nome que dispensa apresentações, vem rodando o Brasil numa turnê comemorativa dos 25 anos de carreira do grupo.
 
No domingo, dois shows. Às 17 horas, show para a criançada com a dupla de palhaços Patati Patatá que animará os pequenos com suas roupas coloridas e músicas empolgantes.À noite, o Jota Quest colocará o público para dançar ao som de seus hits, com sua mistura sonora peculiar de black music, rock e pop.
 
Os valores para acesso ao parque no sábado são, das 08 às 16 horas, R$ 3,00 e a partir das 16 horas, o ingresso efetivo é R$ 30,00 e meia-entrada, R$ 15,00. Para o domingo, o valor para o show de Patati Patatá é R$ 10,00 e para o show de Jota Quest, R$ 30,00 inteira e R$ 15,00, meia-entrada, que estão à venda na sede da Expomontes (avenida Deputado Esteves Rodrigues, 1121) e nas bilheterias do Parque de Exposições.
 
Atrações do Camarote Oficial
 
No sábado, a dupla João Vitor e Mateus e a DJ Hellen Rios. Quem faz o som no domingo é a Banda Maracutaia e o DJ Daniel. 
 

Montes Claros - Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes
Montes Claros – Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes

Só Pra Contrariar 
 
Só Pra Contrariar (SPC) é um grupo musical brasileiro de pagode formado em 1989 em Uberlândia, Minas Gerais. Tornou-se extremamente popular apostando na vertente romântica do estilo. O primeiro disco saiu em 1993, conseguindo vendas surpreendentes graças ao estouro das faixas “Que Se Chama Amor”, um samba romântico, e “A Barata”, um pagode de duplo sentido. Com o passar do tempo o grupo buscou uma imagem mais sofisticada, dando ênfase às interpretações românticas e ao visual dos integrantes. O Só pra Contrariar, formado por Alexandre, Fernando, Luis Vital, Serginho, Hamilton, Luis Fernando, Alexandre Popó, Rogério e Juliano Pires, se tornou um dos conjuntos de pagode mais bem-sucedidos no Brasil. Após 11 anos de carreira solo, Alexandre Pires decidiu retornar ao grupo para comemorar os 25 anos de carreira do grupo. Segundo a assessoria do cantor, a banda não deverá ficar menos de 3 anos na cena musical. Está previsto também a gravação de um DVD e uma turnê que teve início em maio de 2013. 

Montes Claros - Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes
Montes Claros – Fim de semana com pagode, pop rock e show para as crianças na Expomontes

Patati Patatá
 
Aos 14 anos, o jovem mágico Rinaldo Faria, conhecido como “Rinaldi”, já tinha um ideal: ser artista para levar alegria a crianças e adultos. O sonho de garoto começou a tomar forma em 1980 com o grupo circense Patati Patatá, composto pelos palhaços Tuti-Fruti e Pirulito, o ilusionista Alacazam e a Garota Pupy. A sensibilidade extraordinária do empresário, que hoje comanda um verdadeiro império da alegria, levou-o a notar que o público tinha um carinho especial pelos palhaços. O quarteto fantástico então virou uma dupla e Rinaldi adquiriu os direitos de Patati Patatá. Empreendedor, o jovem empresário buscou um contato ainda maior com as crianças e passou a fazer apresentações em escolas, uma alternativa pioneira aos tradicionais circos.
 
Com roupas alegres, músicas empolgantes, muita dedicação e uma boa dose de amor ao ofício, o sucesso foi exponencial e em pouco tempo a dupla já visitava milhares de escolas por ano em todo o Brasil. A felicidade das crianças era tanta por cantar e brincar com Patati Patatá que esperavam ansiosas para receber quem chamavam de “os meus melhores amigos” – um apelido carinhoso que veio dessa proximidade com os estudantes e foi adotado como slogan oficial.
 
Jota Quest
 
No início dos anos 90, mais precisamente 1993, o rock brasil começava a ferver novamente. Depois de alguns anos de um certo vazio ou de ressaca para alguns, bandas como os Raimundos, Planet Hemp e Skank começavam a despontar nacionalmente.
 
Enquanto isso, em Belo Horizonte, o cenário não podia ser melhor. Tudo aquilo que não acontecera no boom dos anos 80, acontecia agora! Bandas de todos os tipos, tocando em todos os lugares. Festas universitárias, galpões alternativos, inferninhos sagrados… é deste “caldeirão” que surge o Jota Quest. Batizado inicialmente de “J.Quest” (somente em 1998 o nome “jota quest” será oficializado), os primeiros ensaios contavam com Paulinho Fonseca (bateria), PJ (baixo) e Marco Túlio Lara (guitarra), depois chegou Marcio Buzelin (teclado) e por último Rogério Flausino (vocal).
 
A banda se moldou numa mistura sonora peculiar acrescentando black music ao rock e ao pop. Esse “tempero” tornou-se então o grande diferencial de sua música.
 
Baseada no repertório do CD “Funky Funky Boom Boom”, nova turnê está rodando o Brasil. O CD “Funky Funky Boom Boom”, que acaba de receber o “Disco de Ouro”, foi produzido pelo norte-americano Jerry Barnes, conhecido por trabalhos com Chic, Aretha Franklin e Stevie Wonder; e tem a participação especial do “papa” da disco-music, Nile Rodgers, conhecido por trabalhos com Madonna, David Bowie, Mick Jagger, INXS, Duran-Duran e atual co-produtor do duo-francês Daft Punk. O novo álbum traz quatorze faixas inéditas que reafirmam o “groove” como fio condutor da mistura peculiar de black-music, pop e rock, que é a grande assinatura do grupo.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).