Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Máquina da prefeitura flagrada trabalhando em cerâmica de filhas do prefeito de Itacarambi

Norte de Minas – Máquina da prefeitura flagrada trabalhando em cerâmica de filhas do prefeito de Itacarambi

Mais um caso de uso de bem público em propriedade particular foi flagrado quinta-feira (26/06) em Itacarambi, na região Norte de Minas. Uma máquina pá-carregadeira doada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) à Prefeitura de Itacarambi foi flagrada trabalhando na cerâmica Serran Indústria e Comércio Ltda. Metade da empresa pertence às irmãs Cristiane Campos Cardoso e Camila Campos Cardoso, filhas prefeito Ramon Campos Cardoso (PDT), da coligação “Força e Honestidade para Reconstruir”.

Norte de Minas - Máquina da prefeitura flagrada trabalhando em cerâmica de filhas do prefeito de Itacarambi
Norte de Minas – Máquina da prefeitura flagrada trabalhando em cerâmica de filhas do prefeito de Itacarambi

Esse é o terceiro fato envolvendo a administração do prefeito Ramon Campos Cardoso em pouco mais de um mês. No princípio de junho, os vereadores Alberto Lopes dos Santos, o Bertão da Telemar (PMDB), Juvenal Seixas Ferro, o Juvenal da Cemig (PDT) e Darcilia Ferreira de Souza (PROS) descobriram que desde 2012 Anália Francisca de Souza Costa, sogra do prefeito, recebe R$ 70,00 por mês de Bolsa Família. Nos últimos 27 meses os valores recebidos pela sogra de Ramon somam R$ 1.890,00 (veja reportagem completa aqui).

No dia 28 de maio, quarta-feira, bens e servidores públicos municipais foram flagrados sendo usados avidamente, em horário de expediente, para a organização de uma festa surpresa destinada a comemorar o aniversário da mulher do prefeito, Shirley Costa. No dia seguinte, 29, o fato se repetiu, desta vez para a desmontagem da infraestrutura empregada no festejo (veja reportagem completa aqui).

Nas fotografias do flagrante do uso da pá-carregadeira o operador da máquina aparece aguando monturo de barro para evitar poeira, enquanto o equipamento era operado por pessoa ligada à cerâmica. O flagrante ocorreu por volta do meio-dia, mas a máquina teria voltado a trabalhar no local após as 17 horas.

Certidão+JucemgOUTRO LADO

Através da assessora de imprensa Jussara Ribeiro, o prefeito Ramon Campos Cardoso alegou não haver qualquer irregularidade no fato de a máquina da Prefeitura ter sido encontrada trabalhando na cerâmica. Segundo ele, uma lei municipal permite que a Prefeitura de Itacarambi alugue equipamentos para prestação de serviços a particulares, mediante requerimento e pagamento de taxas junto ao setor de tributação.

Ramon Campos Cardoso explicou que não é mais sócio da cerâmica. Para ele, a única irregularidade encontrada estaria no fato de a máquina estar sendo operada por pessoa estranha à administração municipal, fato que será apurado pela Secretaria Municipal de Obras.

Até o final do expediente de hoje, a Prefeitura de Itacarambi não havia conseguido localizar a lei que permite o aluguel de bens públicos a particulares, cuja cópia ficou de enviar ao editor. 

As informações são do blog de Fávio Oliva

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).