Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa 2014 – Ao som de “força Neymar” e “eu acredito”, Seleção chega a BH

Copa 2014 – Ao som de “força Neymar” e “eu acredito”, Seleção chega a BH

O zagueiro David Luiz e o meia-atacante Bernard foram os dois jogadores mais ovacionados na chegada da Seleção Brasileira ao hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte, por volta das 18h30 desta segunda-feira. O defensor será o capitão da equipe de Luiz Felipe Scolari contra a Alemanha, nesta terça-feira, e é um dos mais carismáticos do elenco. Já Bernard tornou-se ídolo da torcida do Atlético-MG e hoje joga no Shakhtar, da Ucrânia, mas não foi esquecido pelos mineiros.

Centenas de torcedores receberam a Seleção Brasileira na capital mineira
Centenas de torcedores receberam a Seleção Brasileira na capital mineira

Brasil e Alemanha se enfrentam nesta terça-feira às 17h no Estádio do Mineirão em partida válida pela semifinal da Copa do Mundo. Quem vencer enfrentará Holanda ou Argentina, que duelam em São Paulo na quarta-feira por uma vaga na final da Copa.

Por volta das 16h, centenas de pessoas já esperavam pelo ônibus da Seleção Brasileira na porta do hotel, e a Polícia Militar precisou armar um esquema especial para que tudo corresse bem. Pouco mais de duas horas depois, cerca de 500 pessoas já estavam no local.

O primeiro a aparecer no corredor externo do hotel foi o lateral Maxwell, que sequer cumprimentou os torcedores. Na sequência vieram os outros jogadores, como Fred,  bastante conhecido pela torcida cruzeirense em Minas Gerais. O atacante Jô, do Atlético-MG, também teve seu nome gritado pelos torcedores. Porém, quando David Luiz apareceu, a torcida foi ao delírio. O defensor fez questão de parar e mandar beijos para os fãs. Bernard fez o mesmo.

Apesar da ausência de Neymar, os torcedores gritaram o nome do craque, que fraturou uma das vértebras e ficará fora das duas últimas partidas da Seleção na Copa. “Força, Neymar” era o grito que as neymarzetes gritavam segurando faixas e cartazes com palavras de apoio ao camisa 10 da Seleção.

Outro grito bastante usado pelos torcedores foi o famoso “Eu acredito”, já que a Seleção terá uma partida difícil diante dos alemães.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).