Inicio » Colunistas » Adilson Cardoso » Coluna – Somente Coincidencias

Coluna – Somente Coincidencias

Para quem ainda não conseguiu tirar os olhos e a atenção da Copa do Mundo de futebol, sinto a necessidade de dizer que na ultima quinta-feira 03 de julho um viaduto despencou sobre carros em Belo Horizonte, na Avenida Pedro l, ali nas proximidades do Estádio do Mineirão. Infelizmente duas pessoas morreram, a motorista do ônibus e o condutor  de um carro. Entre as dores pelas perdas das vidas e as decepções pelo prejuízo financeiro do bem público um caso a parte merece destaque. E este caso se chama Maria Nilza Loiola de 54 anos de vida, não por ela ser da SUDECAP nem da Defesa Civil, Bombeiros, Policia Militar, Vereadora, Deputada ou desenhista do projeto fracassado, ela é somente uma vendedora, mas é perseguida por uma força oculta  dentro e fora dos coletivos. Numa sexta-feira do ano de 1999  voltava de um dia de trabalho, no Barro Preto, região Centro-Sul da Capital  para sua casa, no bairro Tupi, região Norte de BH. O ônibus lotado que fazia o trajeto Alto dos Pinheiros/ Tupi avançou o sinal vermelho, foi atingido por um veículo que cortava o cruzamento entre a Rua dos Tupinambás e a Avenida dos Andradas, perdera o controle  caindo dentro do rio Arrudas. Nove pessoas morreram e 63 ficaram feridas. Fora isto estivera em outros locais onde coisas inexplicáveis aconteceram, ano passado em excursão com amigos para visitar o morro da Rocinha no Rio de Janeiro,  dia 12 de julho, entre outras novidades do amontoado de casebres, Maria Nilza fizera amizade com um simpático pedreiro de nome Amarildo que naquela ocasião lhes servira de guia, semana seguinte ficara estarrecida ao ver a foto do homem estampada na televisão e a família pedindo justiça. Isto é fato recente, mas em 2001 a vendedora fazia sua primeira viagem internacional com um curso de cinco dias oferecido  pela empresa onde trabalhava aos três melhores funcionários, coincidência ou não o curso ficava na torre sul do Word Trade Center, na manhã de 11 de setembro Maria Nilza e os outros estavam no centésimo quinto andar, quando um  avião chocou-se com a parede do prédio com  toda aquela violência televisada, ela tinha certeza que desta vez a morte não lhe perdoaria, e resolvera saltar-se da janela da sala, solta como uma pedra despedira-se dos familiares e amigos pedindo a Deus que a recebesse no Paraiso, todavia uma corrente de vento lançou-a contra uma arvore frondosa do outro lado da rua amortecendo o impacto, ao acordar horas depois olhando em volta para ver se reconhecia algum familiar já morto, percebera que estava viva com apenas uma fratura no punho e um corte na testa. Em um desses finais de semana visitara a sobrinha que mora em Goiânia, acabava de dar a luz e queria a tia predileta nos festejos, esposa do jogador Iarley tinha vários convidados ilustres visitando a recém-nascida, inclusive o ex-jogador e técnico do Internacional Fernandão que bastante simpático tivera o maior prazer em matar o desejo da vendedora em andar de helicóptero, mas não sabia o ex-craque que era sua ultima viagem. Apenas Maria Nilza sobrevivera. Na quinta feira do acidente com o viaduto a equipe de humanização da Empresa onde trabalha reuniu-se com  Psicólogos para ajuda-la, precisavam tirar-lhe o complexo de  perseguida por desgraças e assim passaram a noite,  daquele dia até a manhã do dia 04, quando amanhecera com outros pensamentos, tinha adquirido o entendimento de que as coisas acontecem naturalmente ou por coincidências. Mas eles queriam mais, motivá-la com algo que lhe fortalecesse de fato o ego, sabendo que é fã do jogador Neymar lhe enviaram em jato fretado para o Castelão onde  tivera oportunidade de abraçar o menino prodígio da Seleção Brasileira e ver a partida contra a Colombia, no telão sorridente vestia  uma camisa autografada escrito Neymar Junior … O resto todo mundo já sabe.

Por Adilson Cardoso

Adilson Cardoso
Adilson Cardoso
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).