Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Servidora da prefeitura de Itacarambi diz que foi traida por um grupo de oposição ao prefeito atual

Norte de Minas – Servidora da prefeitura de Itacarambi diz que foi traida por um grupo de oposição ao prefeito atual

A matéria  divulgada no Blog do Fábio Oliva nesta semana intitulada “Funcionaria da Prefeitura de Itacarambi/MG fica sem exame por se recursar a receber R$ 300,00 e a assinar recibo de R$ 520,00 foi um artigo distorcido”” alguma parte da matéria eu não confirmo, eu não sabia que era para ser noticia jornalística, não tinha conhecimento  que seria uma matéria desta forma. ´” disse a servidora . completa ainda que foi usada por pessoas ligada a oposição ao atual prefeito. afirmou que essas  pessoas  que o indicou para que fizesse a denuncia seria  um advogado de confiança mas não esperava que viesse ser um jornalista. “não autorizei ninguém usar meu nome” falou.

Norte de Minas - Servidora da prefeitura de Itacarambi diz que foi traida por um grupo de oposição ao prefeito atual
Norte de Minas – Servidora da prefeitura de Itacarambi diz que foi traida por um grupo de oposição ao prefeito atual

A servidora  Leda  Marisa Gonçalves Madureira é funcionária pública municipal efetiva no cargo de auxiliar de serviços gerais há oito anos. Trabalha no único hospital da cidade e agora atua na Vigilância Sanitária. Disse na entrevista que o protético senhor Wendel  e outras pessoas conhecem o advogado Fábio Oliva. Ao ser perguntada se foram essas pessoas que indicaram o Fábio ela disse que essas pessoas tem sim, amizade com o advogado.

Leda está numa situação difícil e não sabia que seria deste jeito.
””QUERIA  FAZER  APENAS UMA CONSULTA, NÃO DENUNCIEI NENHUMA SECRETARIA”, 
”FIQUEI CHATEADA POR TER SIDO USADA POR ESTAS PESSOAS.”
‘DiSCORDO PLENAMENTE DA REPORTAGEM E NÃO AUTORIZEI FOI TOTALMENTE DISTORCIDA’
 ”O QUE HOUVE  FOI UMA QUEBRA DE SIGILO PROFISSIONAL E QUE LHE PODE ME  TRAZER SÉRIO PROBLEMAS.”
”CAIR NUMA ARMADILHA E QUE FUI USADA POR UM GRUPO DE PESSOAS QUE SUPOSTAMENTE O INDICOU O FABIO OLIVA.” 

Desabafou a servidora. Indignada  disse que a matéria é mentirosa e discorda completamente da noticias divulgada.

A prefeitura foi procurada pela reportagem e confirmou que um dos grupos de oposição ao prefeito são o casal senhor Wendel e a Dra Nívia, informou que os motivos que levaram apoiar o atual prefeito, e os motivos pelo qual a atual administração rompeu com eles e os denunciou ao MP em Januária e Montes  Claros e outros órgãos federais por problemas licitatórios.

Enfim, a servidora Leda terminou a entrevista falando que foi usada, e que algumas pessoas foram os que indicaram o Fábio Oliva.

Os vereadores  e outras pessoas da oposição ao prefeito vem  que vem utilizando o serviço do Fábio Oliva para investigar algumas irregularidades da  administração  e cotizaram  para  bancar este tipo de serviço.

IImagina  que não seriam para  bancar as denuncias infundadas como esta e que agora esta tirando o sossego da servidora que não merecia, conforme ela mesmo relatou e que está sendo usada de forma cruel e disse que caiu numa armadilha. 

por Vailton Ferreira

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. Essa oposição quer continuar assaltando os cofres público, bando de salafrarios e picaretas. Estão interessados em si próprios…