Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Primeira Expedição Vida Áridas no Velho Chico

Norte de Minas – Primeira Expedição Vida Áridas no Velho Chico

Entidades, ambientalistas e Municípios Ribeirinhos estiveram reunidos nesta segunda-feira com os Coordenadores do Instituto Vidas áridas, Délio Pinheiro, Geraldo Humberto e Soter Magno, além de Prefeitos e o Secretário Executivo da AMAMS Luiz Lobo, para a preparação da 1ª Expedição Vidas Áridas no Velho Chico prevista para o próximo mês de setembro no Rio São Francisco.

Ao apresentarem a proposta os organizadores lembraram que o movimento Vidas Árida nasceu com um novo foco, um olhar diferente para a convivência com a seca na região e de caráter suprapartidário aberto a todos que se dispuser a apoiar. A ideia agora, depois de várias ações e bandeiras em favor dos municípios e pessoas atingidos pela longa estiagem, é realizar uma caravana pelo Rio São Francisco partindo de três Marias e Pirapora até os municípios de Manga e Matias Cardoso chegando à barra do Rio Verde Grande.

Ao apresentarem a proposta os organizadores lembraram que o movimento Vidas Árida nasceu com um novo foco
Ao apresentarem a proposta os organizadores lembraram que o movimento Vidas Árida nasceu com um novo foco

A Expedição terá a participação dos municípios de Montes Claros, Três Marias, Pirapora, Buritizeiro, Ibiai, São Romão, São Francisco, Pedras de Maria da Cruz, Januária, Itacarambi, Manga e Matias Cardoso. Participarão também órgãos públicos, ambientalistas, Imprensa, Inter TV Grande Minas, AMAMS, UNIMONTES, UFMG, IBAMA, IEF, Marinha, Polícia Militar e a Ong OVIVIVE.

A Expedição vai trabalhar com os temas: conhecimento, Ambientalismo, cidadania, pesquisa e conscientização e se propõe levar informações e ouvir a comunidade sobre o impacto da falta de água no dia-a-dia das comunidades, com palestras, teatro, apresentações locais e um monitoramento da qualidade da água durante o percurso com técnicos da UNIMONTES e UFMG.

Para o Secretário Executivo da AMAMS professor Luiz Lobo a Expedição será importante e vai mostrar num trabalho de campo como está a real situação do Rio São Francisco e o impacto socioeconômico na vida dos ribeirinhos e dos seus municípios.
O prefeito de São Francisco Luiz Rocha Neto e a prefeita de Ibiai Sandra Fonseca Cardoso, afirmaram que a Expedição vai deixar uma mensagem e um legado permanente sobre a sobrevivência do Rio São Francisco, e que hoje até os vazanteiros e ribeirinhos precisam receber água para consumo na beira do rio. Salientaram que teremos uma oportunidade de cobrar insistentemente dos políticos e governos, ações e políticas públicas para sair do discurso, salvar e tronar o rio navegável.

Municípios e organizadores voltarão a se encontrar ainda no final deste mês para prosseguir com os trabalhos da Expedição.

TEXTO: Sérgio Nassau / FOTOS: Arthur Júnior

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).