Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Acidentes de trânsito em pauta em Montes Claros

Montes Claros – Acidentes de trânsito em pauta em Montes Claros

Técnicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência do Norte de Minas (SAMU Macro Norte) apresentaram ao Comitê de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) de Montes Claros um diagnóstico dos atendimentos realizados pelo serviço no município em decorrência de acidentes de trânsito. A reunião do GGI-M aconteceu na manhã desta quinta-feira, 10/07, no Gabinete do Prefeito e contou com a participação de representantes dos diversos órgãos de segurança e defesa social do município que compõem do GGI-M.

Montes Claros - Acidentes de trânsito em pauta em Montes Claros
Montes Claros – Acidentes de trânsito em pauta em Montes Claros

Durante a apresentação do diagnóstico, o coordenador Enius Freire Versiani explicou que as causas externas respondem por cerca de 33% dos atendimentos do SAMU na região, sendo que quase a metade desses atendimentos é realizada em Montes Claros. “O SAMU realiza uma média de 932 atendimentos a vítimas de acidente de trânsito no Norte de Minas, sendo cerca de 408 somente em Montes Claros. Se comparados os dados de 2013 e 2014, houve um aumento de 63% da incidência de atendimento a vítimas de acidentes atendidas pelo SAMU no município. Em 2013, a média mensal era de 251 atendimentos”, informa o médico.

O coordenador também demonstrou ao GGI–M os locais e horários em que acontece a maioria desses atendimentos. De acordo com o médico, em avenidas como Deputado Esteves Rodrigues, entre a Prefeitura e Castanheiras; na Avenida João XXIII, próximo ao hospital Aroldo Tourinho; na Mestra Fininha, entre a Praça dos Jatobás e a Honda Pirâmide; e na Avenida Governador Magalhães Pinto, próximo ao trevo da Cowan, chegam a ocorrer 5 atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito por semana.

Outras avenidas como São Judas, próximo à igreja São Judas, Nossa Senhora de Fátima, entre o CAIC e a linha férrea, e em toda a extensão da Avenida Leonel Beirão de Jesus, o índice de atendimentos por esse tipo de ocorrência chega a 3 por semana. As avenidas Minas Gerais, Geraldo Athayde e Dulce Sarmento também são pontos críticos no trânsito de Montes Claros.

As estatísticas do SAMU mostram que o número de óbitos nas ocorrências que envolvem motocicleta é três vezes maior, de acordo com Enius Versiani, a maioria por falta de educação para o trânsito, intolerância, imperícia e negligência dos condutores, e pela combinação álcool e direção. “Ao apresentar esses dados, nosso objetivo é somar esforços na busca de soluções para prevenir e evitar esses traumas, que são a principal causa de morte nas quatro primeiras décadas de vida e podem ser considerados uma epidemia de difícil controle”, ressalta o médico.

O secretário de Desenvolvimento Social, Franklin de Paula Silveira, evidenciou a necessidade de intensificar as ações de prevenção, fiscalização e educação para o trânsito no município. “O Objetivo do GGI-M é justamente o de levantar as demandas em relação à questão da segurança pública no município e buscar soluções, de forma integrada. Os dados apresentados pelo SAMU são um recorte de uma realidade que necessita de urgente intervenção e se trabalharmos juntos podemos reverter essa situação”, propõe. O secretário também propôs aos representantes da MCTrans e da Polícia de Trânsito que seja realizada uma avaliação dos pontos críticos apresentados pelo SAMU e o que poderia ser feito para diminuir a incidência de acidentes registrada nesses locais.

O GGI-M tem como uma de suas importantes funções, a de promover a aproximação das instituições de segurança pública com a sociedade através da interação com os Fóruns Municipais e Conselhos Comunitários de Segurança. Com bases nesta função, o Major Valdeci Gouveia, comandante do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros, e Mattson Malveira, coordenador municipal da Defesa Civil, propuseram que o município realize uma campanha educativa que envolva toda a família, de forma que todos os cidadãos sejam corresponsáveis na orientação para um trânsito mais seguro.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).