Inicio » Esporte » Copa 2018 » Copa foi o maior evento de mídia social já registrado, diz Facebook

Copa foi o maior evento de mídia social já registrado, diz Facebook

A Copa do Mundo no Brasil foi o maior evento de mídia social já registrado, envolvendo 350 milhões de usuários do Facebook no mundo todo, disse a empresa nesta segunda-feira.

As pessoas cada vez mais usam as redes sociais para comentar e discutir eventos globais que assistem na TV, como o torneio vencido pela Alemanha no domingo.

Alemão Andre Schuerrle ergue o troféu da Copa do Mundo no Maracanã. 13/06/2014.
Alemão Andre Schuerrle ergue o troféu da Copa do Mundo no Maracanã. 13/06/2014.

Os números obtidos pela Reuters mostram que 350 milhões de usuários geraram “conversa” recorde no Facebook, com 3 bilhões de publicações, comentários e curtidas.

“Sabíamos que a Copa do Mundo seria grande, mas esse nível de engajamento é extraordinário”, disse à Reuters Nick Grudin, diretor de parcerias de mídia global do Facebook.

“Foi o maior nível de conversas sobre um único evento que já registramos.”

A audiência é crucial para companhias como o Facebook, que ganham dinheiro vendendo anúncios para interessados em alcançar os 1,28 bilhão de usuários ativos mensalmente.

O tráfego recorde do Facebook na Copa do Mundo sugere que a companhia está sendo cada vez mais usada como uma plataforma para discutir eventos em tempo real, um segmento no qual o microblog Twitter foi pioneiro.

O uso difundido de celulares que tornaram as mídias sociais onipresentes ajuda a explicar os números recordes do Facebook.

A vitória por 1 x 0 da Alemanha sobre a Argentina na final da Copa no domingo foi a partida mais comentada do campeonato, com 88 milhões de usuários e 280 milhões de interações, de acordo com a empresa.

Neymar liderou o ranking de jogadores sobre o qual mais se falou, seguido pelo argentino Lionel Messi, o português Cristiano Ronaldo e o uruguaio Luis Suárez.

E, com 26 por cento de todas as interações na Copa do Mundo, o Brasil teve a voz mais forte no recorde do Facebook. Os Estados Unidos responderam por 10 por cento das publicações, comentários e curtidas, a Indonésia por 6 por cento, o México 5 por cento e a Argentina 4 por cento.

“O Facebook foi o estádio global para a Copa do Mundo de 2014”, disse Grudin.

Reuters

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).