Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Suspeito de abusar da filha de cinco anos é preso em Grão Mogol

Norte de Minas – Suspeito de abusar da filha de cinco anos é preso em Grão Mogol

A Polícia Militar prendeu nesta terça-feira (15) um homem de 43 anos, suspeito de abusar da filha de cinco anos, em Bosquinho 2, comunidade rural de Grão Mogol, no Norte de Minas. Com o suspeito  também foram apreendidas duas armas e munições.

Duas  armas foram encontradas no imóvel dos pais do suspeito, onde mora.
Duas armas foram encontradas no imóvel dos pais do suspeito, onde mora.

De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), a criança é filha do suspeito estuprador com uma sobrinha, que atualmente tem 21 anos, mas que já era abusada por ele a partir dos 13 anos.

Ainda segundo a Polícia Militar (PM), os dois vivem juntos e, antes de ser mãe da menina, aos 16 anos, ela sofreu um aborto. O casal ainda tem outra filha de dois anos.

A criança abusada sexualmente contou para os conselheiros tutelares, que acompanharam o trabalho da Polícia Militar (PM), que o pai tocava nas partes intimas dela.

A Polícia Militar (PM) constatou que o suspeito ameaçava os vizinhos com armas, para que não o denunciassem.

Duas  armas foram encontradas no imóvel dos pais do suspeito, onde mora.

O suspeito foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Civil.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).