Inicio » Nacional » Brasil – Cinco morrem por hora no trânsito brasileiro, diz relatório

Brasil – Cinco morrem por hora no trânsito brasileiro, diz relatório

Um relatório divulgado pelo Ministério da Saúde aponta que mais de cinco pessoas morrem por hora no trânsito brasileiro.  Somente em 2012, foram 46 mil mortes, o que revela um aumento de 3,4% em relação ao ano anterior e de 38% em comparação ao ano de 2002, quando 33 mil pessoas perderam a vida. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Brasil - Cinco morrem por hora no trânsito brasileiro, diz relatório
Brasil – Cinco morrem por hora no trânsito brasileiro, diz relatório

Apesar do aumento, os dados do Datasus, feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS), apontam que o problema não é nacional, mas sim o fruto do crescimento no número de mortes na região Nordeste do País. Das 1.498 mortes a mais em 2012 em relação ao ano anterior, 1.105 foram na região. O Nordeste concentra hoje apenas 15% dos 76 milhões de veículos existentes no País, mas responde por 28% das mortes no trânsito. A situação também é grave no Norte, onde o crescimento de vítimas fatais foi de 7,2% de 2011 para 2012. Segundo o relatório, as principais mortes ocorrem com motociclistas.

A região Sudeste, mais populosa do País, teve uma redução de 1,20% no número de mortes. O Datasus aponta ainda que casos de mortes por atropelamento estão em queda.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).