Inicio » Mais Seções » Beleza » Beleza – Na hora de perfumar o bebê, é preciso ter cuidado para não cometer exageros

Beleza – Na hora de perfumar o bebê, é preciso ter cuidado para não cometer exageros

Tem coisa melhor do que cheirinho de bebê? Quem nunca falou isso ao segurar uma criança no colo atire o primeiro frasco de colônia. Mas, na hora de perfumar o bebê, é preciso ter cuidado para não cometer exageros. Além de comprar um produto adequado para o público infantil, é necessário saber aplicá-lo e estar atento à faixa etária da criança.

Beleza - Na hora de perfumar o bebê, é preciso ter cuidado para não cometer exageros
Beleza – Na hora de perfumar o bebê, é preciso ter cuidado para não cometer exageros

De acordo com o pediatra Gustavo Dantas, não é aconselhável aplicar colônias nos primeiros trinta dias de vida. “Além dos perfumes, é preciso evitar produtos com cheiro forte como amaciantes de roupa. Para lavar as roupas e lençóis, recomendo apenas sabão de coco”, explica o médico e brinca: “As crianças já são cheirosas naturalmente”.

Em relação aos diversos produtos disponíveis no mercado, o médico orienta o uso de perfumes e colônias específicos para o público infantil, fabricados por empresas conhecidas e dermatologicamente testados. “É importante observar os rótulos. Os produtos de higiene pessoal para adultos costumam conter quantidades excessivas de componentes como Phthalatos e Parabenos, que não fazem bem aos bebês. Por isso é importante optar pelas linhas infantis”, orienta o médico.

ambém fique atento às reações alérgicas. Os casos mais comuns apresentam sintomas locais, como brotoejas e vermelhidão na pele. As crianças podem apresentar ainda congestionamento nasal. Para os casos mais graves, como inchaço nos olhos, pés e mãos, os pais devem levar ao médico imediatamente. Vale lembrar que filhos de pais alérgicos têm mais chances de desenvolver alergias.

APLICAÇÃO – O médico não recomenda o uso de perfume por um período muito prolongado. “Evite usar à noite, enquanto o bebê dorme”, explicou o médico, aconselhando ainda a não usar em pijamas e lençóis.

Os pais devem aplicar a colônia durante o dia, após o banho, em pequenas áreas do corpo. Uma dica para os pais é colocar algumas gotas do produto na ponta dos dedos e aplicar atrás das orelhas do bebê em pequenas quantidades. “Não aplique em mucosas e nas mãos, já que os bebês costumam levá-las à boca”, explica o pediatra.

Em relação aos produtos sem álcool, Gustavo Dantas diz que possuem a vantagem de não ressecar a pele. “A pele do bebê é macia e lisa, mas também é muito frágil. Perfumes sem álcool ou xampus e sabonetes com PH neutro evitam o ressacamento”, diz.

A advogada Fabiana Pitanga, mãe da pequena Isabela, de 10 meses, aguardou 60 dias após o nascimento da filha para perfumá-la. “Gosto muito dos cheirinhos e só uso produtos infantis. Também não aplico colônia à noite, horário em que ela está dormindo. Talvez por conta desses cuidados, ela nunca tenha apresentado reação alérgica”, conta a mãe.

A gerente de Desenvolvimento de Produtos Infantis da Natura, Elisangela Gama, que trabalha na primeira empresa brasileira a desenvolver perfumes sem álcool para os pequenos, explica que os componentes alergênicos presentes na fragrância devem estar abaixo do limite (0,001%) para produto não enxaguável, minimizando o risco de reação alérgica. “As empresas devem fazer uma seleção criteriosa dos ingredientes, priorizando sempre a segurança dos bebês”, afirmou Elisangela.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).