Inicio » Mais Seções » Entretenimento » ‘Império’ – Zé Alfredo assume legado do patrão após ataque

‘Império’ – Zé Alfredo assume legado do patrão após ataque


Reviewed by:
Rating:
5
On 21 de julho de 2014
Last modified:17 de dezembro de 2014

Summary:

'Império' - Zé Alfredo assume legado do patrão após ataque

No primeiro capítulo da novela Império, que passa a ser exibida nesta segunda-feira (21) pela Globo, José Alfredo (Chay Suede) embarca em uma nova vida após sofrer uma grande decepção amorosa. Guarda-costas de Sebastião (Reginaldo Faria), um negociante de diamantes, o jovem viaja ao Monte Roraima, onde recebe a ordem de atirar em qualquer pessoa que se aproximar da barraca durante a noite. É nessa hora que ele dá uma arma ao rapaz e vai dormir.

Personagem de Chay Suede não consegue salvar o patrão de um ataque
Personagem de Chay Suede não consegue salvar o patrão de um ataque

Zé fica de plantão, mas acaba cochilando por alguns instantes. Ao despertar, vê o vulto do garimpeiro Bigode (Ed Oliveira) em cima do chefe, que parte para cima de Zé Alfredo com um facão sujo de sangue. Sem pestanejar, o agora guarda-costas atira e mata o sujeito.

Ao ver que Sebastião foi esfaqueado, Zé tenta socorrê-lo, mas já é tarde demais. Em seu leito de morte, o negociante decide deixar seu legado para o garoto. “Compre as pedras amanhã. Separe algum dinheiro. Volte para o Rio, tire passaporte… Viaje para Zurique”, diz. No dia seguinte, Zé Alfredo, sempre com a arma em punho, negocia com os homens do monte, troca os dólares pelas pedras preciosas e avisa que voltará em breve, antes de partir no helicóptero.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).