Inicio » Internacional » Ásia » Ásia – Indiana suspeita de ser bruxa é espancada até a morte

Ásia – Indiana suspeita de ser bruxa é espancada até a morte

Os habitantes de uma zona rural do leste da Índia lincharam até a morte uma mulher a quem acusavam de praticar bruxaria, informou a polícia nesta terça-feira.

Ásia - Indiana suspeita de ser bruxa é espancada até a morte
Ásia – Indiana suspeita de ser bruxa é espancada até a morte

Quatorze pessoas atacaram a mulher no sábado em Bihar, um dos estados mais subdesenvolvidos da Índia.

Os habitantes da localidade se reuniram para resolver uma disputa de terras com a família da mulher quando, de repente, começaram a acusá-la de atrair doenças e má sorte para o povoado com a prática de bruxaria.

A mulher sofreu as agressões e ainda chegou a ser levada para um hospital, onde morreu.

As mulheres da região costumam ser acusadas de bruxaria para resolver disputas em zonas rurais remotas de um país que continua sendo profundamente supersticioso.

Em alguns casos, as mulheres são despidas como castigo, queimadas ou arrastadas até serem mortas.

Em março deste ano, um casal foi morto por linchamento dos vizinhos também por supostamente praticar bruxaria em um povoado do distrito de Gaya, em Bihar. Três pessoas foram presas neste caso.

AFP

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).