Inicio » Nacional » Brasil – Justiça condena ex-coordenador do Pronasci por corrupção

Brasil – Justiça condena ex-coordenador do Pronasci por corrupção

ustiça Federal do Paraná condenou o ex-coordenador do Programa nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), Francisco Narbal Alves Rodrigues, e dirigentes de Oscips pelo crime de peculato (crime praticado por funcionário público) e corrupção. O ex-coordenador do programa recebeu pena de 5 anos e 11 meses no regime semiaberto. 

Brasil - Justiça condena ex-coordenador do Pronasci por corrupção
Brasil – Justiça condena ex-coordenador do Pronasci por corrupção

Foram condenados ainda integrantes do Instituto Brasileiro de Integração e Desenvolvimento Pró-Cidadão (Ibidec) e da Agência de Desenvolvimento Educacional e Social Brasileira (Adesobras). As Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público foram contratadas pelo Ministério da Justiça, responsável pelo Pronasci, e por diversos municípios paranaenses para a prestação de serviços públicos em termos de parceria.

O processo foi aberto pelo Ministério Público Federal a partir de investigações da Polícia Federal, da Controladoria-Geral da União e Receita Federal. Foi identificado o desvio de R$ 9,5 milhões, entre 2004 e 2011. Também foi constatada a fraude de documentos e licitações e associação criminosa.

Segundo as investigações, Francisco Narbal Alves Rodrigues, que ocupava o cargo de Coordenador Nacional de Projetos do Pronasci, orientava as OSCIPs a empregarem seus parentes e ainda realizar depósitos sem causa lícita na sua conta corrente. Oito acusados foram condenados e cinco foram absolvidos. Por intervenção judicial, as organizações foram extintas.

A sentença emitida pela 13ª Vara Federal de Curitiba foi publicada nesta terça-feira. Ela determina a prisão cautelar dos principais responsáveis pelos crimes, Robert Bedros Fernezlian, Lilian de Oliveira Lisboa e Laucir Rissatto e o confisco de patrimônio no valor de R$ 3.182.159,00. Cabem recursos contra a sentença.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).